Magno Malta repudia com veemência o cruel atentado contra a comunidade LGBT nos EUA.

Ligado .

Em vídeo nas redes sociais, senador Magno Malta, antes de embarcar para Brasília, gravou mensagem de repúdio e apoio aos familiares das vítimas do atentado na boate LGBT Pulse, em Orlando, na Flórida. O crime chocou os Estados Unidos na madrugada deste domingo. O atirador Omar Mateen abriu fogo dentro do Clube Pulse e matou 50 pessoas, além de deixar outros 53 feridos em estado muito grave. “Consternado quero repudiar o ataque deste lobo solitário, ligado ao Estado Islâmico, pois eles não tem respeito a vida e matam crianças, mulheres, homossexuais, cristãos e quem não professa a fé deles”, registrou Magno Malta.

Lideranças anunciam apoio à pré-candidatura de Silas Câmara à Prefeitura de Manaus

Ligado .

No evento, o senador Magno Malta (PR-ES) declarou apoio à pré-candidatura de Silas Câmara. Foto: Reinaldo Okita.

Manaus - Cerca de oito mil pessoas participaram, na noite desta sexta-feira (10), do evento que marcou a aliança política de 12 igrejas evangélicas em apoio à pré- candidatura à Prefeitura de Manaus do deputado federal Silas Câmara (PRB).

A cerimônia contou com a presença do senador Magno Malta (PR-ES), que declarou apoio à Silas Câmara, deixando de apoiar o pré-canditado do PR - partido ao qual é filiado -  ao cargo de chefe do Executivo Municipal, o ex-deputado Marcelo Ramos.

Magno Malta diz que nasceu desmamado e vai instalar a CPI da Cultura

Ligado .

Senador Magno Malta diz que não conhece o medo e CPI da Cultura será instalada Mamãe me acode, CPI da Cultura é realidade, diz Magno Malta.

Em resposta a uma provocação feita no plenário pela senador Regina Souza, o senador Magno Malta (PR-ES) voltou a afirmar que a CPI da Cultura é realidade e tem 45 assinaturas para sua instalação.

Magno Malta no Superpop da REDETV pede prisão perpétua para pedófilo, narcotraficante e corrupto

Ligado .

Convidado especial da apresentadora Luciana Gimenez, senador Magno Malta abrilhantou o programa Superpop, nesta noite de segunda-feira, defendendo sua luta contra a pedofilia e todo tipo de violência sexual que mata a alma das jovens vítimas.

Magno Malta já presidiu importantes CPIs, mas alcançou destaque internacional ao investigar a pedofilia no Brasil e no mundo, principalmente quebrando o sigilo da internet. Assim foi criada a lei que criminaliza a posse de material pornográfico infantil. “Fizemos debate na ONU, enfrentamos a internacional Google, até que conseguimos quebrar sigilo e monitoramos quadrilhas de vários países que exploravam crianças”, revelou Magno para a plateia.

Exclusivo: Magno Malta, ao vivo, hoje, no Superpop, com Luciana Gimenez, fala de estupro e pedofilia

Ligado .

Promete ser o melhor programa desta noite de segunda em rede nacional. Pela REDETV, senador Magno Malta, convidado pela apresentadora Luciana Gimenez, às 22h40m, vai tratar de pauta factual que está mobilizando o Brasil. A violência contra crianças, jovens e mulheres que cresce e invade os lares brasileiros. “É ao vivo e vou colocar para a população minha experiência que acumulei ao presidir a CPI da Pedofilia e do Narcotráfico”, disse Magno Malta, que embarcou à tarde para São Paulo.

O caso da jovem vítima de um estupro coletivo em uma comunidade da Zona Oeste do Rio de Janeiro, que teve divulgada na internet sua imagem nua e desacordada, após a agressão, está causando revolta nas redes sociais. O fato que já havia to mado grande dimensão, nesta segunda feira, após divulgação de uma nova gravação que confirma a versão da jovem, virou comoção nacional. “A violência sexual contra jovens e crianças é uma triste e antiga realidade, mas a cada caso, uma reflexão de que precisamos mudar o quadro”, lamentou Magno Malta.

Magno Malta quer informações de estatais sobre patrocínios culturais

Ligado .

O senador Magno Malta (PR-ES) anunciou em Plenário nesta quarta-feira (1º) ter protocolado três pedidos de informações sobre a liberação de patrocínios e incentivos do governo a projetos culturais nos últimos anos. Os pedidos são destinados às estatais Eletrobras, Petrobras e Furnas para que expliquem quais os critérios de escolha dos projetos a serem apoiados por essas empresas. Segundo o senador, há indícios de que os patrocínios eram liberados de forma "casada" com autorização do Ministério da Cultura para que o projeto fosse incluído na Lei Rouanet (Lei 8.313/1991).

Instalação da CPI do Ministério da Cultura

Ligado .

Pronunciamento completo do senador Magno Malta nesta quarta-feira dia 01/06/2016 às 21:13. Ele mostra a hipocrisia que afeta a oposição petista e pede a instalação da CPI do Ministério da Cultura.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS