Magno Malta critica declarações do ministro da Justiça

Ligado .

O senador Magno Malta (PR-ES) criticou o novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão, por haver dito que vai trocar a equipe inteira da Polícia Federal caso sinta “cheiro” de vazamento de informações por parte de agentes da instituição.

O senador qualificou de intimidação e ameaça a fala do ministro e afirmou que o povo não vai permitir que isso aconteça até porque, segundo Magno Malta, já são dois anos de bons serviços prestados ao país com a Operação Lava-Jato.

Governo está em chamas e trouxe um barril de gasolina, diz Magno Malta sobre Lula

Ligado .

 
O senador se posicionou sobre a posse de Lula
Foto: ​Reprodução
 

O senador deixou sua posição a respeito da posse de Lula a Casa Civil. A cerimônia aconteceu na manhã desta quinta-feira (17) no Palácio do Planalto

O senador capixaba Magno Malta (PR) expressou, nesta quinta-feira (17), indignação a respeito da posse do ex-presidente Lula a frente da Casa Civil. Ele comparou a situação do governo com um time de terceira divisão, que vai cair para a quarta.

Magno Malta recebe abaixo-assinado pela liberação da fosfoetanolamina e defende a pílula do câncer

Ligado .

Moradores de Leme, município do centro-leste de São Paulo, fizeram chegar ao Senado um abaixo-assinado a favor da liberação do uso da fosfoetanolamina sintética, substância conhecida como "pílula do câncer". Com cerca de cinco mil assinaturas, a petição foi entregue pelo senador Magno M\alta, nesta quarta-feira (16) ao presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), Paulo Paim (PT-RS). “Este remédio de nome difícil tem sido a solução de muitos pacientes e não podemos aumentar o sofrimento das pessoas por causa da burocracia do Ministério da Saúde”, explicou Magno Malta

Junto ao abaixo-assinado, foi também entregue uma moção de apelo da Câmara de Vereadores de Leme para que o Senado aprove em definitivo o projeto de lei (PLC 3/2016) que autoriza o uso da substância pelos pacientes diagnosticados com a doença mesmo antes da conclusão das pesquisas voltadas para o registro definitivo do medicamento. “Não podemos questionar as melhoras dos pacientes, para muitos a fosfoetanolamina é a última salvação”, frisou Magno Malta.

Magno Malta quer maestro pedófilo na cadeia

Ligado .

A polícia prendeu o maestro e compositor alemão Axel Bergstedt, em Santa Maria de Jetibá, região serrana do Estado. Mesmo com farto material de pornografia infantil, ele foi liberado após pagar fiança de R$ 5 mil e goza de liberdade. “ Este pedófilo cometeu crime hediondo, foi flagrado, confessou a posse e deveria ficar preso. A lei é clara, nestes casos não tem fiança”, disse o senador Magno Malta, que foi relator da lei criada no âmbito da CPI da Pedofilia no Senado
 
O alemão se mudou para o Brasil há 11 anos, depois de cumprir pena no país de origem pelo assassinato da ex-mulher. Segundo o delegado Lorenzo Pazolini, Axel também mantém relações com membros do grupo terrorista Estado Islâmico. “O crime de pedofilia hoje no Brasil é classificado como hediondo e não afiançável. Eu escrevi o texto desta lei, fui relator e foi sancionada pela presidente Dilma”, lembrou Magno Malta.

Na casa do maestro, a polícia apreendeu computadores e outros equipamentos eletrônicos. Axel foi preso em flagrante por manter fotos e vídeos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes na internet. “O ECA mudou pela primeira vez quando criminalizamos a posse, que não era crime, mas o artigo 250 é crime no Brasil e este desgraçado deveria está recolhido no presidio”, afirmou Magno Malta.

Justiça isenta Magno Malta de indenização para transexual que afrontou cristãos em parada gay

Ligado .

Viviany Beleboni tinha entrado com ação por dano moral em São Paulo.

Senador Magno Malta fez críticas após modelo desfilar na Parada Gay.

 A Justiça de São Paulo negou neste ano o pedido de indenização por danos morais, de mais de R$ 700 mil, proposto pela advogada da modelo e atriz Viviany Beleboni, de 27 anos, que é transexual e se crucificou na 19ª Parada Gay em junho de 2015, contra o senador Magno Malta (PR-ES), que é pastor evangélico. A decisão foi publicada no site do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo e confirmada nesta quarta-feira (9) ao G1 por meio de sua assessoria de imprensa.

Magno Malta afirma que o Brasil não é Venezuela e defende investigação da justiça visando Lula

Ligado .

Em pronunciamento nesta terça-feira, senador Magno Malta, mais uma vez elogiou o Ministério Público e a Polícia Federal pela condução da Operação Lava-Jato que envolveu a condução coercitiva do ex-presidente Lula na semana passada. Ele condenou as críticas ao juiz Sérgio Moro e afirmou que a democracia está consolidada no país e as instituições funcionam. “Aqui não é a Venezuela onde o presidente manda e desmanda.  O ex-presidente não está acima do bem e do mal” afirmou.

Para Magno Malta, o juiz Moro age com muita lisura. Ele lembrou que a operação não começou para investigar o ex-presidente, mas o esquema de corrupção na Petrobras, que acabou chegando até Lula. “Com certeza com tantas delações tem mais coisa podre para aparecer”.

Recurso no Tribunal de Justiça pode mandar padres de Arapiraca à prisão

Ligado .

Religiosos da cidade do Agreste são alvos de ações na Justiça no caso de pedofilia

A polêmica que envolve o caso dos padres condenados por crimes de pedofilia na Igreja Católica, em Arapiraca, ganha um novo capítulo com um recurso jurídico que pode levar os ex-sacerdotes de volta à prisão.

O Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJ/AL) está analisando um pedido formulado pela Defensoria Pública do Estado de Alagoas que pede a reclusão em regime fechado do ex-padre Edílson Duarte e ex-monsenhor Luís Marques Barbosa.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS