Magno Malta apresenta projeto de lei que classifica trote estudantil crime hediondo

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) quer no Código Penal, tipificar o crime de trote estudantil e incluí-lo  no rol dos crimes hediondos se resultar em morte. “Já se foi o tempo em que o trote estudantil era uma prática aceitável. Antes, eram brincadeiras apreciadas até mesmo pelos calouros, a quem eram impostas as prendas a esse título. Houve, infelizmente, uma mudança no comportamento dos estudantes, que os levou a aplicar métodos vexatórios e até mesmo cruéis para os trotes”, justificou Malta.

Segundo, o senador do Espírito Santo, “Não se pode mais tolerar condutas dessa natureza. Já passou da hora de se punir, de modo exemplar, os responsáveis por essas brincadeiras de mau gosto. Nesse sentido, além de tipificar a conduta do trote estudantil, o projeto que apresentamos inclui o referido delito no rol dos crimes hediondos, quando causar a morte da vítima”, detalhou Magno Malta.

Magno Malta e bancada federal pedem solução urgente ao Ministro dos Transportes para evitar caos

Ligado .

A bancada federal capixaba se reuniu  com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, em Brasília, para tratar de várias pautas regionais e nacionais. Senador Magno Malta (PR/ES) reivindicou obras de interesses do Espírito Santo, inclusive a duplicação  da rodovia BR 262 e tratou da greve dos caminhoneiros que tem trazido prejuízo grandioso para o País. “A reunião foi importante, pois tratamos dos gargalos capixabas e também de pauta nacional em defesa dos caminhoneiros para evitar um verdadeiro caos nas estradas brasileiras. O Ministro foi solícito e prometeu atender nossos pedidos”, disse Magno Malta, que agendou nova reunião no Ministério dos Transportes, já que a factual situação dos caminhoneiros é um assunto de segurança nacional.

Assessoria de Imprensa

Magno Malta expõe crise econômica e fala "quem pariu Mateus que o embale"

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) em plenário apoiou a determinação do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB/AL), que no uso das prerrogativas, colocou o poder legislativo no devido lugar ao não carregar nos ombros as responsabilidades dos desmandos do Governo Federal. “Pior do que já está não fica. Quem explodiu a economia do Brasil”? Perguntou senador Magno Malta, em tom firme.

Antes de começar a falar da crise econômica que assola o Brasil, Magno Malta parabenizou o presidente do Senado, que em favor da independência dos poderes, devolveu a Medida Provisória que aumenta a alíquota de contribuição das empresas para a previdência editada pela Presidência da República e põe  fim à desoneração da folha de pagamento. “Um fato corajoso que merece registro, pois estamos vendo tudo fora de controle, até uma presidenta dando pito em público no Ministro da Fazenda que denunciou os gastos eleitoreiros que estouraram a economia do País”, falou Magno Malta.

Magno quer mais encontros da bancada federal com governador Paulo Hartung.

Ligado .

O governador Paulo Hartung (PMDB) se reuniu na manhã desta segunda-feira (2) com os deputados federais e senadores que representam o Estado em Brasília. Senador Magno Malta (PR) sugeriu que os encontros entre a bancada e o governador sejam periódicos, acontecendo de mensalmente ou a cada 40 dias. Hartung aprovou a proposta.

Na as prioridades para o Estado em Brasília. A crise hídrica é uma das questões que devem ser discutidas pelos deputados e senadores do Estado. Paulo Hartung destacou a necessidade de atrair obras para suprir o gargalo desenvolvimentista do Estado, mas ressaltou que o momento é de se focar nas prioridades da crise hídrica.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS