Nova legislação para coibir crimes bárbaros no próprio lar contra crianças

Ligado .

O Brasil precisa, urgentemente, de uma nova legislação para coibir crimes hediondos contra crianças no próprio lar. A violência doméstica ceifa vítimas inocentes perante um Estado apático e que não reage a morte de seus filhos. Esta dolorosa realidade foi sentida de perto, hoje, quinta-feira, no presídio feminino de També, depois que o senador Magno Malta conversou com Débora Rolim da Silva, mãe e assassina da filha Emanuelly Agatha da Silva Alves, de 5 anos. A CPI dos Maus-tratos em Crianças e Adolescentes passou a semana no interior de São Paulo investigando este bárbaro crime.

Visitando os torturadores assassinos de criança.

Ligado .

Com o coração batendo forte, senador Magno Malta ouviu nesta tarde de quinta-feira, um dos carrasco da menina Emanuelly Agatha da Silva Alves, de 5 anos. Ao lado da procuradora Eliana Passareli, o presidente da CPI dos Maus-tratos em Crianças e Adolescentes deixou a penitenciária no interior de São Paulo, após tomar depoimento de Philippe Alves, acusado de espancar a filha até a morte. Agora, Magno Malta segue para o presídio feminino para ouvir a versão de Débora Rolim da Silva, a mãe assassina. É o trabalho de campo da CPI que exige força emocional.

Magno Malta quer o fim das torturas domésticas

Ligado .

Em rede nacional, pelo SBT, Senador Magno Malta, em Itapetininga, São Paulo, investiga a tortura que matou a menina Emanuelly Agatha da Silva, de 5 anos. Os pais estão presos e o presidente da CPI dos Maus-tratos em Crianças e Adolescentes quer uma legislação mais eficiente para coibir a violência doméstica.

Magistrados recebem a CPI dos Maus-tratos em Crianças e Adolescentes

Ligado .

Recebido pelos Magistrados no Fórum de Itapetininga, São Paulo, senador Magno Malta ouve os detalhes do processo que apura o assassinato da menina Emanuelly Agatha da Silva, de 5 anos. É a CPI dos Maus-tratos em Crianças e Adolescentes investigando para coibir todo tipo de violência doméstica contra crianças. Quarta-feira de agenda movimentada na defesa da família e da vida. O caso virou uma comoção nacional.

Ao vivo para todo o Brasil

Ligado .

Ao vivo, pelo SBT, em São Paulo, Magno Malta é o retrato da indignação com o brutal assassinato da menina de 5 anos que foi espancada pelos pais.

Crime bárbaro contra criança revolta o Brasil

Ligado .

Ao lado do delegado Eduardo, da delegacia especializada em Defesa da Mulher de Itapetininga e da procuradora Eliana Passareli, assessora da CPI dos Maus-tratos em Crianças e Adolescentes, senador Magno Malta, mesmo acostumado com investigação de crimes perversos, não esconde a emoção. Emanuelly, de 5 anos, foi morta com requintes de crueldade.

Magno Malta investigando mais um crime bárbaro contra criança

Ligado .

Senador Magno Malta em Itapetininga, interior de São Paulo, na Delegacia de Defesa da Mulher, com o delegado que prendeu o casal Débora Rolim da Silva, de 24 anos, e Phelippe Alves, de 25 anos, acusados de matar a filha Emanuelly Agatha da Silva Alves, de 5 anos, com requintes de crueldade. Presidente da CPI dos Maus-Tratos em Crianças e Adolescentes, Magno Malta que uma legislação moderna e eficiente para coibir crimes domésticos contra crianças. Emanuelly foi espancada até a morte.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS