Magno Malta com o Ministro do Trabalho

Ligado .

Senador Magno Malta este hoje à tarde com o Ministro do Trabalho e Previdência Social, Ronaldo Nogueira de Oliveira, que também é pastor da Igreja Assembleia de Deus. Amigos, os dois conversaram longamente sobre a reforma da previdência social e outras pautas factuais. Magno convidou o ministro Ronaldo Nogueira para visitar o Espírito Santo. “É um Estado com grandes possibilidades e um povo trabalhador. Quero agendar o mais rápido para degustar a famosa moqueca capixaba”, disse o Ministro.

Assessoria de Imprensa

Magno não aceita importação de café do Vietnâ

Ligado .

Em aparte, hoje, Senador Magno Malta aplaudiu a decisão do Presidente da República, Michel Temer que proibiu a importação do café do Vietnã, como queria o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, “Meu Espírito Santo ficou em pavorosa com esta intenção que iria competir com o nosso excelente café. Até protesto foram registrados nesta manhã de quarta-feira, tendo todo meu apoio. Mas a situação já foi resolvida diretamente pelo gabinete da presidência e lamento pelo meu amigo Blairo Maggi, que entende muito de soja". Veja o registro do senador Magno Malta.

O teatro da hipocrisia

Ligado .

Senador Magno Malta fala do teatro de amnésia e hipocrisia ocorrido na sabatina do Ministro Alexandre de Moraes. Mas por compreensão distorcida, algumas palavras apresentaram duplo sentido, assim, hoje, Magno Malta deu uma explicação do verdadeiro sentido da frase: "o senhor não tem vergonha",

Moraes defende pena mais dura para menores que cometerem crimes hediondos

Ligado .

BRASÍLIA — Em sua sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, defendeu um endurecimento das penas para menores de 18 que praticarem crimes hediondos, mas não a redução da maioridade penal. Moraes sugeriu passar o tempo de internação máxima para esses casos de três para 10 anos.

— Não é possível que alguém menor de 18 anos pratique um latrocínio e coloque no Youtube — afirmou Moraes.

"Amnésia Coletiva" senador Magno Malta ironiza colegas na sabatina de Moraes

Ligado .

“Muita gente aqui agora adota a postura de leão contra o senhor (Moraes), mas foram verdadeiros gatinhos quando estiveram aqui Toffoli e Fachin", relembrou Malta aos petistas (foto: Reprodução/Tv Câmara)

Segundo ele, uma "amnésia coletiva" tomou conta dos senadores

O senador capixaba Magno Malta foi enfático e abusou do sarcasmo e ironia ao falar com o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente da República, Michel Temer, para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal.

Segundo ele, uma "amnésia coletiva" tomou conta dos colegas presentes na Comissão de Constituição e Justiça. "O que é isso que estamos vendo aqui? Por favor, brincadeira tem hora!", ironizou.

O senador Magno Malta (PR-ES) tem a palavra

Ligado .

Magno Malta questiona se Alexandre de Moraes "não tem vergonha" de ser ministro da Justiça e deixar o cargo para ser ministro do STF, e de ter "feito lobby de gabinete em gabinete".

"Houve uma amnésia coletiva" na sabatina, diz o senador Magno Malta

"Quero saber das suas convicções", disse o senador Magno Malta a Alexandre de Moraes. E pergunta a Moraes a opinião sobre o aborto, drogas e o modelo de segurança nacional do país

Magno Malta cobra opinião de Alexandre de Moraes sobre temas polêmicos

Ligado .

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Durante a sabatina a Alexandre de Moraes na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), na tarde desta terça-feira (21), o senador Magno Malta (PR-ES) afirmou que o posicionamento e as crenças são mais importantes que o currículo do indicado.

O senador questionou a Moraes, indicado para o Supremo Tribunal Federal, sobre temas polêmicos como decisões monocráticas, aborto, drogas, infanticídio nas tribos indígenas, redução da maioridade penal e relacionamento de ministros do STF com parlamentares.

'O sr. não tem vergonha’?, diz Magno Malta a Alexandre de Moraes

Ligado .

Alexandre de Moraes e Magno Malta. Foto: EstadãoApós mais de sete horas de sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, ministro licenciado da Justiça indicado pelo presidente Temer para o Supremo ouve provocações do senador do Espírito Santo

O senador Magno Malta (PR/ES) perguntou ao ministro licenciado da Justiça Alexandre de Moraes se ele ‘não tem vergonha’ de ter feito lobby para ser aprovado ministro do Supremo Tribunal Federal. “O sr. que está servindo um governo, o sr. não tem vergonha de ter feito um lobby de gabinete em gabinete (no Senado)? É hipocrisia demais”, provocou Malta.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS