'Homem nenhum pode parar a Lava Jato'


Ligado .

"Não tem homem neste país capaz de parar a Laja Lato". A afirmação foi feita hoje (3/4) pelo senador Magno Malta (PR), na Comissão do Impeachment.

Ele reiterou que vai votar pelo afastamento da presidente Dilma, mas disse que não acredita que o vice presidente, Michel Temer (PMDB) dê jeito no Brasil.

O senador queria desconstruir alegação do PT, de que com Temer a frente do governo, a Lava Jato acaba."Não acaba, hoje estão presos figuras ilustres do PT", disse o senador.

Senador Magno Malta é destaque na Comissão Especial e questiona juristas

Ligado .

Vocês viram as peças publicitárias da campanha da Dilma? Perguntou Magno Malta aos advogados da Dilma. Ela mentiu e pedalou. O desemprego é fruto da pedalada. Vocês advogados, podem defender, pois um dia eu também cometi este erro. Os mais ricos do Brasil estão presos e são amigos do Lula e da Dilma. Não tem como desmembrar este processo do jurídico do político. O conjunto da obra é a questão e cabe aos juízes esta decisão. Veja o vídeo

Magno Malta afirmou que Dilma mentiu ao camuflar a realidade econômica do país

Ligado .

“Eu preciso recorrer ao conjunto da obra porque nós temos hoje 11 milhões de desempregados. Dilma pedalou e mentiu no processo eleitoral”, resumiu Magno Malta, atuante na Comissão Especial do Senado que decidirá o rumo da presidente da República nesta sexta-feira

Na hora de defender o governo, no entanto, eles recorrem ao conjunto da obra, como reafirmou Magno Malta, na sessão da comissão especial do impeachment. Para advogados e juristas que defendem o governo, Magno manteve o mesmo discurso quando votaram os vetos da Lei de Responsabilidade Fiscal em dezembro de 2014, fato que considerou uma violação grave refletindo diretamente na economia do País.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS