Indicados integrantes para a CPI dos maus-tratos às crianças e Magno Malta quer investigação rigorosa

Ligado .

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, leu nesta terça-feira,  os senadores indicados pelos blocos partidários para integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos maus-tratos às crianças, cuja criação foi requerida pelo senador Magno Malta . A partir de agora, a CPI já pode ser instalada. “Vamos apurar fundo todo tipo de crime e abuso contra crianças e adolescentes” prometeu Magno

Os membros titulares da CPI são os senadores Magno Malta,  Paulo Rocha (PT-PA), Eduardo Amorim (PSDB-SE), Lídice da Mata (PSB-BA) e Ana Amélia (PP-RS) Os suplentes são Humberto Costa (PT-PE), Flexa Ribeiro (PSDB-PA), José Medeiros (PSD-MT) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Ainda faltam dois titulares e um suplente a serem indicados. 

Magno Malta chama Reforma da Previdência de draconiana

Ligado .

Senador Magno Malta comparou nesta segunda-feira (3) a atual proposta de reforma da Previdência com o projeto apresentado no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele ressaltou que, na época, a proposta era “draconiana”, mas, segundo o senador, Lula “queria reforma de todo o jeito”

O senador capixaba sublinhou que, também naquele tempo, o governo fez força para que a proposta fosse votada no Senado sem modificações. Magno Malta alertou que, nas reformas trabalhista e da Previdência em curso, o Senado não pode abrir mão de sua prerrogativa de apresentar emendas.

Militantes agridem com chefes presos

Ligado .

O projeto de Migração foi criticado, mais uma vez, pelo senador Magno Malta, inclusive, já descobriu o verdadeiro autor do áudio gravado sobre o assunto alegando ser a voz do senador. Ao usar a tribuna nesta segunda-feira, Magno Malta dessecou a pauta das reformas, fazendo uma retrospectiva para alertar do perigo eminente de uma votação fora do tempo. É má fé dizer que vão tirar os direitos dos trabalhadores e os discursos mentirosos estão tumultuando a reforma trabalhista. Na CCJ, Magno Malta não votou e explicou hoje o motivo com clareza e transparência. Ainda, no pronunciamento, Magno citou os novos fatos políticos. Confira na íntegra o pronunciamento do senador Malta.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS