CPI dos Maus-Tratos em Crianças e adolescentes tem semana movimentada com oitivas a partir de amanhã

Ligado .

Senador Magno Malta, presidente da CPI dos Maus-Tratos começa amanhã, às 14 horas, uma série de audiências que vai estender até quinta-feira. Nesta terça, a CPI vai ouvir o presidente do Santander Cultural, Marcos Madureira e o ex-presidente Sérgio Rial. Na manhã de quarta-feira, o convidado é o Ministro da Saúde, Ricardo Barros. Na manhã de quinta-feira, Magno Malta recebe como convidado o Procurador da República, Fernando de Almeida Martins e foi convocado coercitivamente o curador da exposição Queermuseu, Gaudêncio Fidélis. Neste mesmo dia, às 14 horas, será ouvido o artista Wagner Schwartz e o curador da exposição Brasil por Multiplicação, Luiz Camilo Osório.

Uma comissão do Senado analisa o veto total ao aborto no País

Ligado .

No site do Senado, onde a população pode se manifestar sobre projetos em tramitação, mais de 41 mil pessoas reprovaram a proposta, enquanto cerca de 18 mil foram favoráveis

Após uma comissão especial da Câmara dos Deputados causar polêmica por ter aprovado um projeto que proíbe todo tipo de aborto, um texto semelhante pode ser analisado no Senado. É uma PEC (proposta de emenda à Constituição) apresentada pelo senador Magno Malta (PR-ES), que determina que todos são iguais perante à lei "desde a concepção". Na prática, a proposta favoreceria a proibição do aborto em qualquer circunstância, mesmo em casos como estupro e risco à vida da mãe, permitidos atualmente.

Magno Malta: "menor de idade estupra, sequestra e mata"

Ligado .

Em discurso em cima de trio elétrico, na Praia de Camburi, em Vitória, no Espírito Santo, ao lado do pré-candidato a presidente do Brasil Jair Bolsonaro (PSC), o senador Magno Malta (PR) falou sobre um tema polêmico: a redução da maioridade penal no país. O parlamentar disse que um menor de idade "estupra, sequestra e mata" e, depois, "argumenta que conhece os seus direitos". 

"São homens travestidos de crianças. Um macho de 17 anos, de 15 e de 14 que estupra, sequestra, mata, põe fogo em ônibus, quebra a escola, picha a escola, ameaça o professor e quando a polícia põe a mão, ele [o menor] diz: tira a mão de mim porque eu sou de menor e eu conheço os meus direitos. Direito uma ova", criticou.

O descrédito das autoridades

Ligado .

Senador Magno Malta aponta os motivos da imensurável crise institucional e exige uma nova postura do parlamento e da justiça ouvindo a voz do povo.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS