No Mar da Galileia

Ligado .

Às margens do mar da Galileia, Jesus começou a pregar e foi berço de muitos milagres. Na Galileia Jesus, Mestre dos Mestres, convivendo com pessoas simples, ensinou os apóstolos a serem pescadores de homens. Magno Malta e Lauriete viram de perto nesta quarta-feira, em um museu no Mar da Galileia, um barco, encontrado por historiadores, que possivelmente tenha sido usado por Jesus e sus apóstolos. Restaurado por arqueólogos, o barco traz lembranças importantes para humanidade. O casal gravou um vídeo mostrando a raridade.

O Brasil ama Israel e não aceita a presença de terroristas

Ligado .

Em Israel, Magno Malta viu de perto as intolerâncias, perseguição e ameaças de um homem, que vem liderando outros homens, impondo limitações até terror aos cristãos. Inclusive, aproveitando da abertura do nosso país, tem sido um visitante constante.  Preocupado com os excessos da Lei da Migração, recentemente sancionada pelo presidente Michel Temer. Magno ao retornar da Terra Santa quer debater profundamente o risco desta abertura. O descontentamento do senador com este líder fundamentalista é compartilhado com milhares e milhares de religiosos brasileiros, pois ele prega o fim de Israel. “O Brasil ama Israel e o povo Judeu. Pessoas que não amam outros povos, matam, trucidam e não respeitam as religiões não são bem-vindas ao Brasil”, disse Magno Malta.

Magno Malta em momento sublime no Santo Sepulcro

Ligado .

Ao Lado da esposa, cantora Lauriete, Magno Malta não segura às lágrimas, ao visitar mais uma vez, o sagrado templo dos cristãos, no Quarteirão da Cidade Velha de Jerusalém, Com a voz embargada pela mais pura emoção, no portal do Santo Sepulcro, ele lembra a história que marcou a humanidade com sentimento de filho. Veja o momento que Magno e esposa entram pelo mesmo lugar que o corpo de Jesus entrou e a vida venceu a morte. O registro, bonito, foi hoje, segunda-feira, na Basílica do Santo Sepulcro.

Para Magno Malta a Eco101 não deve cobrar pedágio se não cumprir contrato de duplicação

Ligado .



Senador Magno Malta reagiu com veemência, classificando como  “safadeza” as manobras de empresas para esticarem prazo, cobrando aditivos e não cumprindo contrato com o governo federal. No caso específico, senador Magno Malta, direto de Israel, aconselhou a não cobrar pedágio, caso a concessionária Eco 101 não faça as obras de duplicação da rodovia BR 101 no Espírito Santo, como previsto em contrato assinado durante o governo Dilma Rousseff.

Em resposta a reportagem do Jornal Valor Econômico, que informa a possibilidade do governo federal de elaborar uma Medida Provisória que aumentaria o o prazo de entrega da obra, de 5 para 14 anos, Magno Malta garantiu que vai lutar em plenário contra esta MP e vai direto ao presidente Michel Temer para buscar o apoio do Ministro dos Transportes para evitar o mesmo que aconteceu com o aeroporto. “Temos que tomar as rédeas e lutar com muita valentia para acabar com estas malandragens das empresas que acostumaram a não cumprir contratos”, garantiu Magno,

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS