Magno Malta com os primeiros apoiadores da sua vida parlamentar

Ligado .

Com objetivo de visitar amigos, senador Magno Malta, mais uma vez, colocou o pé na estrada para rever velhas amizades. No roteiro que começou no sábado e continua nesta noite de domingo, ele demonstrou gratidão com os primeiros aliados. A fidelidade é um tesouro raro e merece ser zelado. Confira nos momentos de confraternização o verdadeiro valor de quem preserva a amizade de longa data. São muito amigos, que nesta postagem, representam toda população que acredita em um Brasil Melhor. Em todos os momentos, senador Magno Malta falou do factual, relatou a crise de autoridade e elogiou a Operação Lava Jato.

A Jararaca tem que respeitar um juiz honrado

Ligado .

Em Vila Pavão, distrito de Todos os Santos,  senador Magno cita para a população a Jararaca. Magno Malta considera uma falácia do ex-presidente Lula politizar  a Operação Lava Jato. Sérgio Moro é  juiz honrado na missão de passar o Brasil a limpo. O vídeo gravado neste domingo proliferou nas redes sociais.

Casamento homossexual

Ligado .



A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, com polêmica, o substitutivo do senador Roberto Requião ao PLS/2011, da senadora Marta Suplicy, que permite o reconhecimento legal da união estável entre pessoas do mesmo sexo. A matéria, terminativa na CCJ, poderia seguir direto para a Câmara, se não houvesse recurso para análise em Plenário. Entretanto, o senador Magno Malta apresentou recurso, com 11 assinaturas, para votação em plenário. Atualmente, o Código Civil reconhece como entidade familiar "a união estável entre o homem e a mulher, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família". Malta quer aprofundar os debates em plenário dando voz para os segmentos organizados e quer respaldo da maioria dos senadores. Veja o vídeo gravado pelo senador.

Magno Malta quer debater casamento gay no plenário

Ligado .

BRASÍLIA — A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou ontem um projeto de lei que permite o reconhecimento legal da união estável entre pessoas do mesmo sexo. A matéria, que seguiria direto para a Câmara, deverá ser submetida ao plenário do Senado após recurso do senador Magno Malta (PR-ES), contrário ao projeto.

De autoria da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), o PLS 612/2011 propõe a alteração de dois artigos do Código Civil. O primeiro deles modifica o texto que estabelece como família a "união estável entre o homem e a mulher" para "união estável entre duas pessoas".

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS