Ranking do Progresso: Magno e Lauriete lideram em desempenho e números no Congresso Nacional

Ligado .

A revista VEJA publica pelo quarto ano o seu Ranking do Progresso, uma avaliação objetiva do desempenho dos senadores e deputados que, sim, no conjunto, tratam o país com seriedade. “Não participei diretamente deste ano eleitoral e Lauriete, por livre e espontânea vontade, deixa a vida pública, mas focamos nas nossas bandeiras em favor da vida, da justiça social e em defesa da família brasileira. Fechamos este ciclo com chave de outro, reconhecidos pela imprensa especializada nacional, entre os melhores parlamentares de 2014 e os mais bem pontuados da bancada capixaba. Deus é Fiel”, resumiu Magno Malta (PR/ES), neste domingo, em sua residência, em Vila Velha, ao lado da esposa, após inúmeros cumprimentos.
 
Senador Magno Malta e sua esposa, Lauriete Rodrigues (PSC/ES), segundo levantamento da revista Veja e publicada este final de semana em todo o País, foram apontados com os melhores índices entre os parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, segundo a metodologia adotada pela equipe de jornalistas especializados. O Desempenho público é medido por participações em comissões, votações em projetos de lei que mudam comportamento e destaque na mídia espontânea. Magno e Lauriete foram reconhecidos com louvor pelos números da realidade. Eles têm bandeiras e lutam por elas. Trata-se de uma avaliação objetiva do desempenho dos parlamentares que tratam o país com seriedade. Magno e Lauriete foram os com maior pontuação da bancada capixaba.

Magno Malta vai presidir comissão para liberação do canabidiol para uso médico

Ligado .

Senado Federal Institui a Comissão de Acompanhamento dos procedimentos referentes a legalização e  reclassificação da substância Canabidiol como medicamento, junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A Comissão será presidida pelo Senador Magno Malta.

Senador Magno Malta (PR/ES) pediu, no Plenário, que a Anvisa e o Ministério da Saúde liberem o uso do canabidiol por pacientes que precisam do medicamento anticonvulsivo. O canabidiol é uma substância derivada da Cannabis sativa, planta de que é extraída a maconha.

Magno Malta protesta contra discriminação das suas bandeiras de luta no Senado Federal

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) denunciou  ao presidente do Senado, Renan Calheiros, corte da gravação de sua fala na sessão desta terça-feira (16). O senador manifestou estranheza diante do ocorrido, alegando que também teria sofrido corte de sua fala em audiência pública sobre a legalização da maconha.”Estou sendo censurado em minhas bandeiras em defesa da família”, alertou Magno

“Quero providências, pois isto é um acinte, é um desrespeito, e quero saber as razões pelas quais a minha fala foi cortada. Advirto e reafirmo ao Brasil que vou continuar lutando pelos interesses deste país e daqueles que precisam de nós”, disse Magno

Menor bom é menor preso?

Ligado .

Nove em cada dez brasileiros são favoráveis a redução da maioridade penal, a despeito da oposição do governo federal, de juristas, da Igreja Católica e de organizações de direitos humanos. O que explica tanto clamor pelo encarceramento dos adolescentes infratores?  

No inicio de abril, o universitário Victor Hugo Deppman, de 19 anos, foi abordado por um rapaz armado na porta de casa, em São Paulo. Mesmo após entregar o celular, sem esboçar qualquer reação, acabou executado com um tiro na cabeça.

Fonte: Carta Capital

Veja a reportagem completa aqui



Magno Malta faz tributo na despedida do conceituado senador Pedro Simon

Ligado .

Em clima de forte emoção, senador Magno Malta (PR-ES), em aparte ao veterano senador Pedro Simon (PMDB-RS), declarou que além de uma referência da boa política nacional, trata-se de uma reserva moral que valorizou o parlamento por quase meio século. "Eis um cristão honrado que defendeu a família e pátria", exaltou Magno.
 
Magno Malta revelou profunda admiração pelo senador que fez uma despedida concorrida e marcada pelo reconhecimento. “Era garoto e já gostava da oratória deste homem público. Quando fui eleito vereador busquei no Simon a liberdade de agir e pensar e no Congresso Nacional foi meu mestre”, frisou Malta.

Magno Malta apresenta projeto de lei que obriga concessionárias investirem na rede elétrica aérea

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) apresentou, hoje, 09 de dezembro, Projeto de Lei que altera a Lei nº. 9.427, de 26 de dezembro de 1996, para determinar    às concessionárias e permissionárias de serviço público de distribuição de energia elétrica o uso de isolamento de cabos de fase nas redes aéreas de distribuição de energia convencionais. “A larga utilização de redes convencionais nas grandes cidades tem trazido sérios problemas de segurança para a população e precisa ser modernizada com mecanismos de isolamento para evitar o risco do contato humano, que é fatal”, explicou o autor do Projeto de Lei.
 
Para Magno Malta, “ a melhoria da qualidade do serviço público de distribuição de energia elétrica deve fundar-se na busca permanente da eficiência da condição de segurança das redes pelas distribuidoras e pelos órgãos de regulação” afirmou Malta.

Magno Malta vira noite no Congresso, acusa Dilma de estourar cheque e manipular lei para ter mais crédito

Ligado .

Exausto, depois de quase 20 horas de debate, senador Magno Malta (PR/ES) gravou vídeo e postou nas redes sociais, um desabafo, contra o projeto que viabiliza a manobra fiscal que permite o Governo Fechar, mesmo em déficit, as contas deste ano. “Dilma estourou o cheque especial dela e quer que paguemos a conta, mas não vamos fazer isso, então ela convidou a gente para falsificar um documento para conseguir um crédito maior ainda no banco”, Magno Malta usou analogia para esclarecer a vergonha que indignou o povo brasileiro
 
 Em uma sessão tumultuada, cansativa e polêmica,  o Congresso Nacional aprovou no fim da madrugada desta quinta-feira o projeto de lei que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014, permitindo a revisão da meta de resultado fiscal deste ano. Apesar da longa obstrução dos oposicionistas, o governo conseguiu manter o quórum e aprovar o projeto por votação nominal. Foram 240 votos a favor, na Câmara, e 39 no Senado. Senador Magno Malta ficou revoltado com a estratégia da mesa diretora e da manobra do Governo Federal e pretende recorrer par evitar a violação de uma lei importante para a moralização do setor público nacional.

Magno Malta denuncia tentativa de violação da conceituada Lei de Responsabilidade Fiscal

Ligado .

Durante a Sessão do Congresso Nacional, nesta terça-feira, senador Magno Malta (PR/ES) afirmou que a votação dos vetos Presidenciais é abrir caminho para violação da lei de Responsabilidade Fiscal. “A presidente Dilma não pode alterar em beneficio próprio uma lei imexível para satisfazer caprichos para quem não teve cuidados com as contas do País com medidas eleitoreiras”, afirmou Magno

“Pau que dá em Chico dá em Francisco, segundo o ordenamento jurídico do País, a Lei só retroage para não prejudicar,  mas só para beneficiar, e depois de penalizar diversos fichas sujas, com esta violação, muitas corruptos punidos serão premiados e recorrerão.”Denunciou em tom firme, Magno Malta, muito aplaudido pela galeria lotada, deixando claro que a violação da Lei de Responsabilidade Fiscal é prejudicial para a nação.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS