Magno Malta, em plenário, mostra pesquisa e afirma que valorização da vida é pauta política

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) em pronunciamento no Congresso Nacional citou pesquisa publicada nesta terça-feira, pela editoria de política do jornal A Gazeta, que revela números importantes para o cenário eleitoral. 84% dos capixabas querem a redução da maioridade penal, 60,9% só aceitam casamento tradicional, 86% são contra o aborto e 81,5% não apoiam a legalização da maconha. “O candidato que subir no palanque e esquecer-se do anseio popular, com certeza, estará na contra mão”, disse Magno.
 
Senador Magno Malta parabenizou o jornal A Gazeta pela iniciativa em encomendar e divulgar a pesquisa que aborda maioridade penal, união gay, aborto e maconha. “Ficou claro que a maioria esmagadora dos capixabas quer trata de pauta que valorize a vida, que tenha ética, valores morais, priorize o bem-estar, a saúde e união familiar tradicional”, explicou o senador.

Magno Malta aplaude juiz capixaba que não dá direito a seguro para quem bebe e dirige

Ligado .

Juiz Marcelo Pimentel afirma que, ao usar o carro após ingerir álcool, o motorista e sua família perdem o direito à indenização. “É mais uma forma de acabar com a impunidade no trânsito e conter a violência”, apoiou senador Magno Malta (PR/ES)
 
Senador Magno Malta é autor do projeto que altera o Código de Trânsito Brasileiro para tornar obrigatório o exame toxicológico dos motoristas. Em sua opinião, a Lei Seca, em vigor, está omissa na questão do uso de drogas, e o teste do bafômetro não é suficiente para identificar motoristas de risco. O senador garante que com o uso de reagentes é possível a rápida constatação do uso de drogas por motoristas. “Concordo com ojuiz capixaba Marcelo Pimentel negou a indenização a um casal que perdeu o filho em um acidente em Vitória, que dirigia alcoolizado e drogado. Só com leis severas podemos evitar mais fatalidades”, afirmou Magno.

Magno Malta e Fabiano Contarato com o Governador no mesmo objetivo para o ES

Ligado .

De vereador ao segundo mandato de Senador da República, importante expressão nacional, Magno Malta abraça a candidatura do delegado Fabiano Contarato ao Senado Federal. Magno, preocupado com mais de 900 proposições nos Congresso Nacional que ameaçam nossa sociedade e a família, quer legislar ao lado deste jovem que fará o seu batismo nas urnas com todo apoio do Partido da República. "Fabiano é inteligente, tem méritos próprios é cidadão de moral inquestionável, vamos apenas, pela experiência, apontar o caminho para seguirmos juntos. Parabéns Contarato pelo registro na chapa do governador Casagrande, momento histórico para o Espírito Santo”.  Palavras do senador Magno Malta

Antes de anunciar sua decisão, Malta conversa individualmente com 60 candidatos

Ligado .

O senador adiou, mais uma vez, o anúncio se vai ser candidato ao Governo do Estado ou se vai apoiar o projeto de reeleição do governador Renato Casagrande

O senador Magno Malta parece que vai deixar para os últimos instantes o anúncio se apóia a reeleição do governador Renato Casagrande (PSB) ou se ele próprio vai se lançar candidato ao Palácio Anchieta.

Durante toda a tarde e noite desta quarta-feira (2), Malta teve reuniões individuais com cada um dos candidatos a deputados federais e deputados estaduais do PSC e do PR.

Magno Malta não abre mão dos princípios cristãos para um Espírito Santo de todos

Ligado .

Durante a Convenção Estadual do Partido da República, junto com a do PSC, no Centro de Convenções de Vila Velha, senador Magno Malta criticou os oportunistas e homenageou os que não traíram as bandeiras humanitárias em favor da vida. “Existem 900 proposições no Congresso Nacional que ameaçam nossa sociedade e precisamos vencer esta luta elegendo parlamentares comprometidos com a ética e a moral”, alertou Magno Malta, que participa hoje e amanhã de diversas reuniões para fechar a chapa majoritária e a proporcional

“O Espírito Santo ficou exposto na ONU e na mídia internacional por causa da violência e das masmorras capixabas. Não podemos retroceder pensando somente na elite e no condomínio de empresários capixabas. Este é o momento de escolher o menos pior para nosso Estado. É hora de avançar no campo social combatendo a impunidade e a criminalidade”, afirmou Magno em discurso inflamado e aplaudido por mais de mil pessoas.

Magno Malta recebe mais de mil convidados para Convenção do PR, neste domingo, em Vila Velha

Ligado .

Tudo Pronto para a Convenção Estadual do Partido da República, que acontecerá junto com a do Partido Social Cristão, no Centro de Convenções de Vila Velha, às 9 horas da manhã, no domingo, com expectativa de ser uma grande festa democrática. “Vamos para a fase final dos procedimentos legais visando o pleito eleitoral, apresentaremos nossos candidatos e vamos deliberar sobre as coligações”, revelou senador Magno Malta, presidente Regional do PR.

A semana foi marcada por muitas reuniões, diálogos e preparativos para a decisiva convenção estadual do PR, que vem unido com o PSC, presidido pela deputada Lauriete Rodrigues. “Estamos com 50 candidatos para deputado estadual, mais de 10 para federal, além do expressivo nome para o senado, do delegado Fabiano Contarato e o meu nome e de outros companheiros para Governador. Mas temos também propostas de coligações proporcionais e até majoritária, só que vamos para o debate franco e escolher o melhor para os dois partidos, que tem condições para montar uma boa chapa própria, sem esquecer que democracia é construída com união de força”, acentuou Malta.

Para Magno Malta quem tem fé não conhece derrota e promete lutar contra o poder do PT

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) mesmo conseguindo 10% dos votos dos convencionais do Comando Nacional do Partido da Repúbica,  foi vítima de uma manobra que visa “cozinhar o galo” até o último minuto do prazo legal para anunciar que continuará na base de apoio do Partido dos Trabalhadores. “Com Dilma não vou mais”, resumiu Magno Malta”

Durante quase 45 minutos, senador Magno Malta, durante a Convenção Nacional do Partido da República, em Brasília, como pré-candidato à presidência da república, fez duras criticas ao governo petista. “Eles não querem rodízio, resolveram perpetuar no poder. Vou viajar o Brasil para mostrar quem é o PT, que tem compromisso com a morte e o meu trabalho é pela valorização da vida. Sou contra a legalização da maconha, contra o aborto, quero acabar com a impunidade com a redução da maioridade penal e reduzir a violência urbana, mas o Governo Federal é contra e defende tudo isso que combatemos”. Desabafou Magno Malta, bastante aplaudido.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS