Magno Malta lança, na terça-feira, campanha: “Brasil, um país que adota”

Ligado .

Senador Magno Malta, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família e Apoio à Vida, fará o lançamento da campanha “BRASIL UM PAÍS QUE ADOTA” no próxima dia 10, terça-feira, no Auditório Petrônio Portela, no Senado Federal. “É a oportunidade que o homem tem de transformar o coração no útero”, lembra Magno

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família é uma entidade representativa criada no ano de 2007 com atuação no âmbito do Congresso Nacional e conta com 238 membros entre Deputados Federais e Senadores da República. Desde a sua criação, tem dedicado atenção especial à infância, propondo e acompanhando propostas legislativas e políticas públicas voltadas para as crianças e adolescentes.  “Entre as iniciativas, a Frente há anos realiza a campanha “Todos Contra a Pedofilia” com resultados práticos a exemplo da apresentação de propostas legislativas para o aperfeiçoamento da legislação que visa a proteção das crianças e dos adolescentes”, disse Magno Malta

Magno Malta na campanha nacional contra legalização do porte de drogas no Brasil

Ligado .

A Frente Parlamentar Mista de Combate às Drogas, liderada pelo deputado federal Osmar Terra (PMDB) e o senador Magno Malta (PR/ES), juntamente com o Movimento Nacional Brasil Sem Drogas (BsD) lançou a Campanha Nacional Vida Sim, Drogas Não, que inclui uma série de atividades e projetos a serem realizados em todo o Brasil nos próximos meses. “Neste momento em que o Supremo Tribunal Federal está para legalizar o porte de drogas no Brasil, a união de forças em favor da vida e da família é muito importante”, disse Magno Malta, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família.

"A campanha floresce na primavera e no momento que o País bate recorde de violência em decorrência do tráfico de drogas, e quando o Congresso Nacional discute importantes modificações e adequações na lei antidrogas e no tempo em que o Supremo Tribunal Federal realiza o inédito julgamento que poderá levar a descriminalização do porte de maconha no país", esclarece Malta;

CPI das Próteses aprova convocação de ex-vendedor de empresa de material hospitalar

Ligado .

Em reunião realizada nesta quarta-feira (28), a Comissão Parlamentar de Inquérito das Próteses aprovou a convocação de Carlos Lessa, ex-vendedor da empresa Oskar Iskin, distribuidora de material médico-hospitalar. Autor do requerimento, o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), fez o pedido considerando as responsabilidades atribuídas por Miguel Iskin, sócio da empresa, ao ex-funcionário.

Em depoimento à CPI, o empresário negou oferecer comissões a médicos em troca da prescrição de órteses e próteses comercializadas por seu estabelecimento. Miguel Iskin assegurou ainda que Carlos Lessa, em reportagem divulgada na televisão sobre a chamada Máfia das Próteses, agiu sem o conhecimento de sua empresa, conforme teria sido revelado depois em sindicância interna. No vídeo, aparece o vendedor oferecendo vantagem a um repórter que se passava por médico, induzindo-o a prescrever material fornecido pela distribuidora.

Magno Malta convoca ex-vendedor  para audiência da CPI das Próteses  

Ligado .

Em reunião realizada nesta quarta-feira (28), a Comissão Parlamentar de Inquérito das Próteses aprovou a convocação de Carlos Lessa, ex-vendedor da empresa Oskar Iskin, distribuidora de material médico-hospitalar. Autor do requerimento, o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), fez o pedido considerando as responsabilidades atribuídas por Miguel Iskin, sócio da empresa, ao ex-funcionário.

Em depoimento à CPI, o empresário negou oferecer comissões a médicos em troca da prescrição de órteses e próteses comercializadas por seu estabelecimento. Miguel Iskin assegurou ainda que Carlos Lessa, em reportagem divulgada na televisão sobre a chamada Máfia das Próteses, agiu sem o conhecimento de sua empresa, conforme teria sido revelado depois em sindicância interna. No vídeo, aparece o vendedor oferecendo vantagem a um repórter que se passava por médico, induzindo-o a prescrever material fornecido pela distribuidora. “Vamos ouvir o outro lado para esclarecer todos os pontos”, disse Magno Malta.

Magno Malta defende o Estatuto do Desarmamento considerando-o um avanço para cultura da paz

Ligado .

Senador Magno Malta (PR-ES) acha que “destruir o Estatuto do Desarmamento não vai diminuir a violência, muito pelo contrário, armar a sociedade é começar uma guerra civil. Imagine um professor armado na sala de aula? É a grande batalha da semana no Congresso Nacional”, disse Magno.

A Comissão Especial que analisa o Estatuto do Desarmamento iniciou a discussão para votação do novo texto. A expectativa de integrantes da comissão é que o acesso às armas seja flexibilizado, nesta semana, quando o relatório volta a votação. De acordo com o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), a maioria do colegiado é a favor de afrouxar o Estatuto e está com o relator. “Tem alguns pontos que podemos melhorar, como o porte de armas para pessoas que moram em área rural de alto risco, porém esta é a exceção da regra”, explicou Magno Malta, totalmente contrário ao fim do Estatuto do Desarmamento,

Magno Malta e bancada capixaba conseguem R$ 23 milhões para conclusão das obras do São Lucas

Ligado .

Ministro da Saúde, Marcelo Castro, assinou no final da tarde desta quarta-feira (14) portaria que autoriza repasse de R$ 23 milhões para o custeio do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (antigo São Lucas), mantido pelo governo capixaba em Vitória. Segundo senador Magno Malta, “ o objetivo é diminuir o custo mensal do governo do Estado de R$ 80 milhões, o que estaria comprometendo a saúde financeira estadual”, explicou Magno Malta.

Senador Magno Malta, membros da bancada capixaba e governador Paulo Hartung estiveram com o Ministro e nesta quarta-feira, aconteceu assinatura da liberação do dinheiro. “O ministério da Saúde precisa ter um bom relacionamento com os Estados para garantir os recursos do Espírito Santo”, lembrou Magno Malta.

Magno Malta eleito pelos internautas do Congresso em foco o 5º senador mais atuante do Brasil

Ligado .

O resultado da votação, que durou 30 dias na internet, foi anunciado ontem à noite, em Brasília. Congresso em Foco, conceituado jornal eletrônico político, com apoio do Instituto VoteWeb, elegeu os 10 deputados federais e os 10 senadores mais atuantes do Congresso Nacional. “O reconhecimento do nosso trabalho é uma grande motivação. Classificado o 5º na categoria melhor senador do Brasil é uma honra e motivo de alegria que aumenta nossa responsabilidade na luta em defesa da família e da vida”, disse Magno Malta.
 
Entre os dias 20 de agosto e 20 de setembro, mais de 650 mil votos foram distribuídos entre deputados e senadores escolhidos entre os melhores pelos internautas. O resultado da votação foi na noite de quinta-feira, no Unique Palace, em Brasília, prestigiada por parlamentares, jornalistas e personalidades do mundo político nacional. “Aproveito para destacar o empenho e a inteligência do jornalista Silvio Costa, do Congresso em Foco, que abriu a votação para todos os brasileiros através das redes sociais. Foi uma disputa acirrada e que valoriza quem realmente responde pelos anseios populares”, afirmou Magno.  

Empresário e ortopedista negam irregularidades na venda e no uso de próteses

Ligado .

O médico Edson Freitas (E) disse ao presidente da CPI, Senador Magno Malta, que sequer indica próteses aos seus pacientes

Mesmo contando com um habeas corpus deferido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio de Mello, o empresário Miguel Skin abriu mão do direito de permanecer em silêncio ao depor nesta terça-feira (6) pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Próteses. Sócio e presidente da Oskar Skin, distribuidora de material médico-hospitalar do Rio de Janeiro, ele negou a oferta de comissões a médicos, que, em troca, prescreviam a seus pacientes órteses e próteses comercializadas pela empresa.

— Estamos contatando os clientes e formadores opinião, mostrando nossa história e nosso comportamento, mas sem dúvida essa CPI é a melhor forma que temos para provar a verdade — disse, ao justificar a decisão de falar.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS