Magno Malta quebra sigilos dos acusados da Máfia das Próteses e cruza dados com a Polícia Federal

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) anunciou que vai chamar para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito todos os médicos envolvidos na Operação Desiderato e que vem provocando uma série de denúncias por parte das pessoas que se sentiram lesadas.  “Já quebramos o sigilo bancários, telefônico e fiscal dos acusados no Rio Grande do Sul, com o cruzamento de dados novas evidências estão surgindo. A Polícia Federal acompanha passo-a-passo das apurações da CPI da Máfia das Próteses” disse o senador Magno Malta.

Em Porto Alegre o cirurgião Fernando Sanchis, principal mentor da quadrilha, mais 15 médicos, advogados e empresários estão com o sigilo bancário, telefônico e fiscal quebrado e já está prevista uma nova audiência para confrontar os dados com os suspeitos. Estão sob investigação, O empresário Larson Strel, proprietário da Proshop Comércio de |Produtos Hospitalares, Francisco Dambros, da Improtec, Maria Alice Guerra, da Proger, Nieli de Campos Severo, advogada, Letícia Pinto, advogada, Ricardo Felipe Bayer, advogado e os médicos Marcelo Leal, Henrique Alves, Antônio Sábio e o irmão doprincipal acusado Alfredo Sanchis, que denunciou a trama.

Magno Malta pede ao Ministério Público para apurar crimes com verba federal na Parada Gay.

Ligado .

Senador Magno Malta (PR-ES) em plenário, disse em tom de indignação. “O Brasil esqueceu de Deus”. O sentimento do senador aflorou depois de participar de três grandes Marchas para Jesus e sentir de perto a indignação do povo com tanta corrupção, falta de ética e imoralidade. Mas o agravamento desta realidade ficou por conta da intolerância, discriminação e do preconceito dos organizadores da Parada Gay, em São Paulo que tripudiaram e escandalizaram de forma violenta os cristãos brasileiros, inclusive, com verba federal. “Quero responsabilizar criminalmente os responsáveis pelos ataques e também os dirigentes da Caixa Econômica e da Petrobras que patrocinaram a cruel zombaria contra esta nação religiosa, cujo o povo, na maioria ama Jesus”, falou Magno Malta.

Senador Magno Malta abriu o pronunciamento citando as derradeiras três grandes Marchas para Jesus – Rio de Janeiro, São Paulo e Manaus – que reuniram milhões de religiosos de diversos segmentos, em paz e harmonia, mas também desabafaram contra o Governo Federal que tem promovido a corrupção, violência, desemprego e maltratando os trabalhadores. “Foram eventos pacíficos, harmoniosos e interativos da comunidade com os cristãos. Lembrei de um bilhete dado ao presidente dos EUA após o fatídico 11 de setembro, com os dizeres:  os EUA esqueceram de Deus e também, hoje, posso falar, com certeza, o Brasil também esqueceu de Deus”, afirmou Magno Malta.

Magno Malta é aplaudido por mais de um milhão de cristãos na Marcha Para Jesus em Manaus

Ligado .

Ruas e avenidas de Manaus foram tomadas por milhares de pessoas durante a Marcha Para Jesus 2015, na tarde deste sábado (6). Após a concentração na Rua Ferreira Pena, em frente à Praça da Saudade, os fiéis iniciaram uma caminhada em direção ao Sambódromo, na Zona Centro-Oeste. Ao todo, 17 trios elétricos acompanharam o público. “Este é o nosso maior objetivo, interagir com a comunidade para mostrar para o mundo que os cristãos estão acordados. Para um esta imensa multidão, além de cantar e orar, estamos falando das nossas bandeiras em favor da família brasileira”, esclareceu senador Magno Malta (PR-ES), que por várias vezes foi bastante aplaudido neste sábado.

Mesmo em uma intensa maratona de eventos importantes e populares, senador Magno Malta chegou às 15 horas na Praça da Saúde, centro histórico de Manaus, e com grande multidão seguiu em direção à avenida Ayrão com destino ao sambódromo, onde aconteceu os shows que movimentaram a noite de sábado. “Manaus é a capital dos homens de bem, comprometidos com a religiosidade, nesta marcha vieram muitas crianças, famílias inteiras e de diversas religiões, mostrando claramente, que o povo brasileiro está despertado e quer desabafar. É um grito de paz e harmonia, mas pedindo dias melhores para o sofrido povo brasileiro”, disse Magno Malta.

Magno Malta participa, hoje, sábado, em Manaus, da Marcha para Jesus, terceira consecutiva esta semana

Ligado .

Rio de Janeiro, São Paulo e Manaus. Senador Magno Malta (PR-ES) e esposa, cantora Lauriete estão viajando o Brasil para levar mensagem de paz e falar diretamente com o povo. "Nós estamos na rua enfrentando os políticos e a corrupção. Sem queimar carro, sem destruir patrimônio público, sem estar mascarado. Somos um povo pacífico, mas estamos aqui para requerer direitos", palavra de ordem do senador Magno Malta.

Hoje, sábado, 6 de junho, cerca de um milhão de fiéis vão tomar as principais ruas de Manaus na 22ª Marcha para Jesus. Sob o tema Unidos pelo teu Reino, cristãos das mais diversas denominações vão se juntar, em louvor e orações, para clamar a Jesus Cristo mais união, amor, paz e proteção à vida, às famílias e à sociedade.

Marcha para Jesus em São Paulo reúne 350 mil cristãos que reivindicam faxina ética e o fim da corrupção no País

Ligado .

Senador Magno Malta (PR-ES) também abordou o momento caótico que atravessa o Brasil.  “A pauta aqui e contra o aborto, contra as drogas, contra a prostituição e contra a corrupção. O povo foi por muito tempo massa de manobra, mas acordou. O Brasil está em queda livre, A família amarga uma verdadeira crise com desemprego, inflação, juros altos e a violência aumenta a cada minuto em todo território nacional”, lamentou Magno.

No início da manhã desta quinta-feira, a marcha começou com orações pelo fim da miséria, da prostituição e da corrupção. O evento foi organizado pelo apóstolo Estevam Hernandes, da Igreja Renascer, que estava ao lado do senador Magno Malta no carro principal, “Vamos pedir a Jesus para defender as crianças dos pedófilos, pedimos dias de paz sem violência, queremos passar o país a limpo”, clamou Magno Malta, aplaudido por uma grande multidão no centro de São Paulo.

Intervenção de Magno Malta na Justiça obrigou a revisão na novela Babilônia que mudou conteúdo

Ligado .

O Ministério da Justiça acatou manifestação assinada pelo senador Magno Malta (PR-ES) reclamando sobre cenas que ultrapassariam a autoclassificação de não recomendada para menores de 12 anos. “Liberdade de expressão tem limites, cenas pesadas de adultério, homossexualismo e outros desvios são impróprias para o horário das 21 horas”, esclareceu Magno Malta, que hoje, no dever de presidente da Frente Parlamentar da Família participa em São Paulo, da grande Marcha para Jesus

Ministério da Justiça, por intermédio do Departamento de Classificação Indicativa, questionou a emissora no início da história, ainda em março, sobre a presença de prostituição, preconceito e sexo, justamente os focos que motivaram as maiores viradas de personagens da trama de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga.

Classificação etária pesou na reforma de ‘Babilônia’

Ligado .

             Novela Babilônia, da tv Globo

Ministério da Justiça questionou Globo sobre prostituição e sexo; confira o mapa da audiência

Nem só da necessidade de reverter a baixa audiência ou do resultado de pesquisas baseadas em grupos de discussão em São Paulo foram feitas as reformas de Babilônia, a novela das 9 da Globo. O Estado apurou que o Ministério da Justiça, por intermédio do Departamento de Classificação Indicativa, questionou a emissora no início da história, ainda em março, sobre a presença de prostituição, preconceito e sexo, justamente os focos que motivaram as maiores viradas de personagens da trama de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga. O MJ tem acompanhado a novela nesses últimos 60 dias e, satisfeito com os rumos tomados pela trama, deve publicar, esta semana, seu aval para a classificação etária do enredo em “não adequada para menores de 12 anos”.

Magno Malta participa nesta, quinta-feira, em São Paulo, da grande Marcha para Jesus

Ligado .

Com o tema "Exaltando o Rei dos reis", a 23ª edição da Marcha para Jesus acontece nas ruas da capital paulista nesta quinta-feira, 4 de junho, feriado nacional. Senador Magno Malta (PR-ES) e esposa, cantora Lauriete são convidados do organizador apóstolo Estevam Hernandes. “ É uma grande alegria participar desta manifestação pacífica, aberta ao público de todas igrejas, em nome da paz, contra a violência e por um mundo melhor”, esclareceu Magno Malta

A caminhada começa às 10 horas, na estação Luz do Metrô (região central). Os participantes serão conduzidos por 10 trios elétricos em direção à Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, próximo ao Campo de Marte (zona norte), onde acontecem os shows.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS