Magno Malta não abre mão dos princípios cristãos para um Espírito Santo de todos

Ligado .

Durante a Convenção Estadual do Partido da República, junto com a do PSC, no Centro de Convenções de Vila Velha, senador Magno Malta criticou os oportunistas e homenageou os que não traíram as bandeiras humanitárias em favor da vida. “Existem 900 proposições no Congresso Nacional que ameaçam nossa sociedade e precisamos vencer esta luta elegendo parlamentares comprometidos com a ética e a moral”, alertou Magno Malta, que participa hoje e amanhã de diversas reuniões para fechar a chapa majoritária e a proporcional

“O Espírito Santo ficou exposto na ONU e na mídia internacional por causa da violência e das masmorras capixabas. Não podemos retroceder pensando somente na elite e no condomínio de empresários capixabas. Este é o momento de escolher o menos pior para nosso Estado. É hora de avançar no campo social combatendo a impunidade e a criminalidade”, afirmou Magno em discurso inflamado e aplaudido por mais de mil pessoas.

Magno Malta recebe mais de mil convidados para Convenção do PR, neste domingo, em Vila Velha

Ligado .

Tudo Pronto para a Convenção Estadual do Partido da República, que acontecerá junto com a do Partido Social Cristão, no Centro de Convenções de Vila Velha, às 9 horas da manhã, no domingo, com expectativa de ser uma grande festa democrática. “Vamos para a fase final dos procedimentos legais visando o pleito eleitoral, apresentaremos nossos candidatos e vamos deliberar sobre as coligações”, revelou senador Magno Malta, presidente Regional do PR.

A semana foi marcada por muitas reuniões, diálogos e preparativos para a decisiva convenção estadual do PR, que vem unido com o PSC, presidido pela deputada Lauriete Rodrigues. “Estamos com 50 candidatos para deputado estadual, mais de 10 para federal, além do expressivo nome para o senado, do delegado Fabiano Contarato e o meu nome e de outros companheiros para Governador. Mas temos também propostas de coligações proporcionais e até majoritária, só que vamos para o debate franco e escolher o melhor para os dois partidos, que tem condições para montar uma boa chapa própria, sem esquecer que democracia é construída com união de força”, acentuou Malta.

Para Magno Malta quem tem fé não conhece derrota e promete lutar contra o poder do PT

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) mesmo conseguindo 10% dos votos dos convencionais do Comando Nacional do Partido da Repúbica,  foi vítima de uma manobra que visa “cozinhar o galo” até o último minuto do prazo legal para anunciar que continuará na base de apoio do Partido dos Trabalhadores. “Com Dilma não vou mais”, resumiu Magno Malta”

Durante quase 45 minutos, senador Magno Malta, durante a Convenção Nacional do Partido da República, em Brasília, como pré-candidato à presidência da república, fez duras criticas ao governo petista. “Eles não querem rodízio, resolveram perpetuar no poder. Vou viajar o Brasil para mostrar quem é o PT, que tem compromisso com a morte e o meu trabalho é pela valorização da vida. Sou contra a legalização da maconha, contra o aborto, quero acabar com a impunidade com a redução da maioridade penal e reduzir a violência urbana, mas o Governo Federal é contra e defende tudo isso que combatemos”. Desabafou Magno Malta, bastante aplaudido.

Magno Malta faz discurso para comando do PR para disputar à Presidência da República

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) será o único pré-candidato inscrito para disputar a sucessão da presidente Dilma Rousseff (PT) na convenção do Partido da República, neste sábado, em Brasília, que reúne a cúpula nacional republicana. “A oportunidade de ter lançado meu nome e defender nosso partido para uma disputa entre os grandes, já é uma vitória”, falou com otimismo, Magno Malta.

Os republicanos mais importantes do Brasil estarão neste sábado, em Brasília, 21 de junho, para a primeira grande convenção nacional do PR, que pode homologar o nome do senador Magno Malta para disputar à presidência da república ou continuar na base de apoio do atual Governo Federal. Reunidos nas dependências do Hotel Kubistchek Plaza, às 15 horas, os convencionais decidirão o destino da legenda e podem também mudar a história do Brasil. “É um momento rico, importante e que faz do PR uma legenda cada vez mais respeitada. Sabemos que na política é difícil manter a unanimidade, mas contamos com apoio da maioria que não quer ficar atrelada ao Partido dos Trabalhadores, que tem cometido muitos equívocos”, disse Magno.

Magno Malta vai para Convenção Nacional do PR otimista em disputar à Presidência do Brasil

Ligado .

No próximo sábado, no Hotel Kubitschek, no Setor Hoteleiro Norte, de Brasília, às 15 horas, o Partido da República pode mudar a história do Brasil lançando o senador Magno Malta para Presidente da República.  A Comissão Executiva está convocando para a convenção nacional para deliberar sobre o pedido do senador para representar a legenda na eleição presidencial. “Estou preparado para ser presidente do País e estou cumprindo meu dever com o PR e com a população ao lançar meu nome”, explicou Malta.

Para o senador Magno Malta, a Convenção do Partido da República é um legítimo exercício da democracia e lançou seu nome após consultar vários segmentos que representa pelas suas bandeiras de luta. “Viajei por 25 Estados, ouvi os mais diversos segmentos sociais e também esclareci minhas propostas humanitárias para tratar de pautas que reduzem a impunidade, refletindo diretamente em uma gestão pública voltada para resgatar a segurança pública com várias frentes, entre elas a redução da maioridade penal, a luta contra a legalização da maconha e valorizar a vida no seu mais amplo sentido”.

Magno Malta parabeniza autor do livro “Sem medo de falar, relato de uma vítima de pedofilia”

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES), que presidiu a CPI da Pedofilia ficou sabendo do caso de Marcelo Ribeiro, 48 anos, casado, que durante a infância foi abusado sexualmente dentro da Igreja, pelo Maestro do Coral. Depois de várias crises conjugais, agora, com apoio da esposa, ele lança um livro contando a história e cita a Lei Joana Maranhão, de autoria do senador Magno Malta que dá condições de denunciar os abusos em idade adulta. ”Esta é nossa luta mostrar para o mundo que o silêncio protege o mais hediondos dos crimes, que assassina a alma da criança e deixa sequelas irreparáveis”, apoiou Magno Malta, a determinação do escritor.

Há seis anos, Marcelo Ribeiro, 48, revelou à mulher Renata Daud, 36, ter sido abusado sexualmente dos 9 aos 16 anos pelo maestro do coral da Igreja Católica de sua cidade natal, em Minas, e depois no Rio Grande do Sul. Uma crise na relação levou o empresário a relatar pela primeira vez um trauma que escondia há mais de três décadas e que agora conta também no recém-lançado livro "Sem Medo de Falar - Relato de uma Vítima de Pedofilia" (ed. Paralela, 195 págs., R$ 24,90).

Magno Malta mostra para o mundo que a lei Brasileira é dura para abusadores de crianças

Ligado .

Senador Magno Malta (PR/ES) tem usado a mídia espontânea, inclusive, com grande demanda atendendo a imprensa internacional, o Portal  Oficial Todos Contra Pedofilia, as redes sociais e a tribuna do Congresso Nacional para  pedir  que  denuncie os crimes de pornografia infantil e pedofilia. Com esta campanha de larga abrangência, só este ano, 10 mil sites de pornografia infantil foram investigados pela Polícia Federal e mais de 7 mil turistas condenados por crimes de pedofilia não conseguiram visto para entrar no Brasil

Senador Magno Malta, autor de várias proposições para combater todo tipo de abuso contra crianças e adolescentes, aproveita o momento em que o Brasil está no foco da imprensa internacional em virtude da  Copa do Mundo e lembra que o País tem leis duras e severas para quem tem ainda a velha ideia do turismo sexual, principalmente com jovens. “A pedofilia como contato sexual entre crianças/adolescentes e adultos, traduz-se juridicamente nos clássicos crimes de estupro (art. 213 do Código Penal) e atentado violento ao pudor (art. 214 do Código Penal), ambos com pena de 6 a 10 anos de reclusão e classificados como crimes hediondos”. Explica o ex-presidente da CPI da Pedofilia, que despertou o mundo para esta prática covarde e cruel que  assassina a alma de milhares de crianças, em diversos segmentos sociais, sob o silêncio das vítimas e principalmente de familiares.

Resultado da luta de Magno Malta: 10 mil sites já foram denunciados por pornografia infantil este ano

Ligado .

Quando presidente da importante CPI da Pedofilia do Senado, Magno Malta (PR/ES) foi até a ONU para estabelecer a primeira quebra de sigilo da google. “Foi uma grande vitória internacional do Brasil para acabar com a pornografia infantil na Internet. A partir do Termo de Ajuste de Conduta criamos uma legislação especifica para rastrear os cartões de créditos, venda e posse de material expondo crianças nos mais diversos tipos de abusos. E esta ação continua dando resultado, inclusive, uma ferramenta muito importante para combater a prostituição infantil, principalmente  durante grande eventos, tipo Copa do Mundo”, explicou  senador Magno Malta

Além das esquinas, restaurantes e hotéis em bairros das cidades-sede onde já se sabe que, com ou sem Copa do Mundo, há oferta e demanda de prostituição, a Polícia Federal e as autoridades brasileiras que defendem os direitos das crianças e adolescentes também precisam lidar com outro espaço de articulação das redes de aliciadores: a internet. Dados da ONG Safernet Brasil mostram que 10.463 páginas foram denunciadas por supostamente conter pornografia infantil. “A Safernet é uma Organização do terceiro setor que entrou nesta luta dando suporte em tecnologia. Mas esta fiscalização e quebra de sigilo só foram possível depois das ações além fronteira da CPI da Pedofilia”, disse Magno Malta.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS