Magno Malta no Superpop da REDETV pede prisão perpétua para pedófilo, narcotraficante e corrupto

Ligado .

Convidado especial da apresentadora Luciana Gimenez, senador Magno Malta abrilhantou o programa Superpop, nesta noite de segunda-feira, defendendo sua luta contra a pedofilia e todo tipo de violência sexual que mata a alma das jovens vítimas.

Magno Malta já presidiu importantes CPIs, mas alcançou destaque internacional ao investigar a pedofilia no Brasil e no mundo, principalmente quebrando o sigilo da internet. Assim foi criada a lei que criminaliza a posse de material pornográfico infantil. “Fizemos debate na ONU, enfrentamos a internacional Google, até que conseguimos quebrar sigilo e monitoramos quadrilhas de vários países que exploravam crianças”, revelou Magno para a plateia.

Exclusivo: Magno Malta, ao vivo, hoje, no Superpop, com Luciana Gimenez, fala de estupro e pedofilia

Ligado .

Promete ser o melhor programa desta noite de segunda em rede nacional. Pela REDETV, senador Magno Malta, convidado pela apresentadora Luciana Gimenez, às 22h40m, vai tratar de pauta factual que está mobilizando o Brasil. A violência contra crianças, jovens e mulheres que cresce e invade os lares brasileiros. “É ao vivo e vou colocar para a população minha experiência que acumulei ao presidir a CPI da Pedofilia e do Narcotráfico”, disse Magno Malta, que embarcou à tarde para São Paulo.

O caso da jovem vítima de um estupro coletivo em uma comunidade da Zona Oeste do Rio de Janeiro, que teve divulgada na internet sua imagem nua e desacordada, após a agressão, está causando revolta nas redes sociais. O fato que já havia to mado grande dimensão, nesta segunda feira, após divulgação de uma nova gravação que confirma a versão da jovem, virou comoção nacional. “A violência sexual contra jovens e crianças é uma triste e antiga realidade, mas a cada caso, uma reflexão de que precisamos mudar o quadro”, lamentou Magno Malta.

Magno Malta quer informações de estatais sobre patrocínios culturais

Ligado .

O senador Magno Malta (PR-ES) anunciou em Plenário nesta quarta-feira (1º) ter protocolado três pedidos de informações sobre a liberação de patrocínios e incentivos do governo a projetos culturais nos últimos anos. Os pedidos são destinados às estatais Eletrobras, Petrobras e Furnas para que expliquem quais os critérios de escolha dos projetos a serem apoiados por essas empresas. Segundo o senador, há indícios de que os patrocínios eram liberados de forma "casada" com autorização do Ministério da Cultura para que o projeto fosse incluído na Lei Rouanet (Lei 8.313/1991).

Instalação da CPI do Ministério da Cultura

Ligado .

Pronunciamento completo do senador Magno Malta nesta quarta-feira dia 01/06/2016 às 21:13. Ele mostra a hipocrisia que afeta a oposição petista e pede a instalação da CPI do Ministério da Cultura.

Vídeo - Magno Malta anuncia CPI do "mamatório da Cultura" "Nós vamos fechar essa teta, doa em quem doer", diz senador

Ligado .

Magno Malta (PSC-ES) anunciou nesta quarta-feira (1) no Senado que já coletou 45 assinaturas - 18 a mais que as 27 necessárias - para a abertura de uma CPI do Ministério da Cultura que investigue os financiamentos de artistas e espetáculos durante os governos petistas autorizados via Lei Rouanet.

Segundo o senador, R$ 13 bilhões de renúncia fiscal que poderiam ser direcionados a áreas como Educação, esgotamento sanitário ou mobilidade urbana foram destinados ao "mamatório da Cultura", que beneficiou até shows de Luan Santana (R$ 4.143.325,00) e Cirque Du Soleil (R$ 9.400.450,00).

Políticos evitam aparecer em Marcha para Jesus em São Paulo

Ligado .

O evento Marcha para Jesus reuniu novamente milhares de fiéis de diversas igrejas evangélicas no feriado de Corpus Christi em São Paulo, mas não contou com a presença de um grande número de lideranças políticas, ao contrário do ocorrido em edições anteriores do ato.

A marcha, em sua 24ª edição, é organizada pela igreja Renascer em Cristo, mas conta com a participações de outras denominações neopentecostais. O líder da Renascer, apóstolo Estevam Hernandes, avaliou que os políticos não foram à marcha para evitar vaias da multidão. "Muitos estão fugindo das grandes concentrações", disse Hernandes.

Marcha tem mais de 10 horas de louvor e adoração

Ligado .

Nesta quinta-feira (26), a cidade de São Paulo recebeu a 24ª edição da Marcha para Jesus. O evento reuniu milhões de pessoas nas ruas da capital paulista. A caminhada começou por volta das 10 horas. Ao todo, 12 trios elétricos conduziram o público até a Praça Heróis da FEB, onde foi montada uma mega estrutura de som e iluminação para os shows de música gospel.

Magno Malta: “multidão pregando paz e vida para o Brasil na Marcha para Jesus”

Ligado .

0 maior evento cristão do mundo, reúne neste sábado, mais de 500 denominações religiosas e chega a 24º edição parando as ruas do centro e zona norte de São Paulo. “Eu participo todos os anos, mas hoje, tenho um pedido especial para os brasileiros esperançosos em dias melhores. Paz e vida para as famílias do meu país”, clamou Magno Malta.
 
"Essa marcha acontece num dos momentos mais difíceis do país. A partir de hoje, com fé, queremos dias melhores. Estamos orando pela mudança deste país, a prosperidade da nação, a cura da nação. Deus estará tocando fortemente o coração de cada autoridade”, foram as palavras mais ditas no evento, inclusive, pelo senador Magno Malta, convidado especial da organização.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS