Pré-sal

Chuva não esfria manifestação de paz e amor em defesa do Espírito Santo

Governador Renato Casagrande com a camisa da campanha

Senador Magno Malta (PR/ES) tinha motivos justificáveis para adiar o ato público em favor dos royalties, mas com fé na determinação e indignação do capixaba, coordenou o evento artístico, cultural, cristão e pacifico na Prainha em Vila Velha e manteve viva a luta em favor dos estados produtores de petróleo. Foi uma noite marcada por forte sentimento de vitória e sucesso

Famílias inteiras, com sombrinhas e capas de chuvas foram chegando por volta das 19 horas, de segunda-feira, quando a chuva ameaçava uma trégua. Ao mesmo tempo, de outros estados, um time de artistas renomados atravessou fronteiras, sem cobrar nada, para cantar e apoiar a luta do senador Magno Malta na defesa dos royalties. Foram 5 horas com músicas de diversos ritmos, palavras positivas de motivação e confraternização até o encerramento do evento com o Parque da Prainha lotado de gente, alegre, feliz e satisfeita com o que viu e ouviu.

Magno Malta com as filhas e o deputado Romário

Mesmo debaixo de chuva, a platéia contemplou momentos de emoção e exemplos de luta. Deputado Federal, Romário (PDT), foi muito aplaudido quando brincou com Guilherme, o Gui-Gui, um garoto especial durante a entrega de um caminhão para APAE de Vila Velha. Romário, que tem uma filha especial, veio do Rio de Janeiro para apoiar o evento e ficou até o final da festa. “Com sol ou chuva, seja qual for o dia, devemos lutar em favor dos nossos interesses e o capixaba deu uma prova de coragem e amor ao enfrentar este clima, em plena segunda-feira e sair para lutar pelo que é seu,” disse Romário.

Sempre sorrindo, demonstrando tranqüilidade e fé, senador Magno Malta recebeu todos com alegria. Além de mais de 30 artistas de vários estados, participaram da oração pelo Espírito Santo, o Governador Renato Casagrande, prefeito Neucimar Fraga, diversos parlamentares, vereadores e lideranças religiosas. “Mesmo que tivesse somente uma pessoa aqui, nós faríamos este evento da mesma maneira porque é preciso mostrar nossa indignação com a injustiça que estão cometendo contra os estados produtores”, falou Magno sob forte aplauso da multidão.

Ao contrário do ato público anterior, na Praça dos Namorados, desta vez o público respondeu com aplausos, acenos e demonstrou respeito com todos que subiram ao palco. Renato Casagrande, que recebeu do senador a camisa oficial do evento com o slogan O petróleo é de todos, mas os royalties são nossos, afirmou que “estamos com duas armas apontadas para nós. Mesmo que pareça difícil, precisamos insistir enfrentar toda tempestade para mostrar que o Estado não pode abrir mão dos royalties”, falou em bom tom o governador.

Artistas da terra, músicos regionais e nacionais mostraram que não aceitam a injustiça e que a presidenta Dilma tem que mostrar um posicionamento firme para tranqüilizar os estados produtores. “No meu estado não tem petróleo, mas temos outras riquezas, por isso, vim com meu irmão cantar e apoiar esta justa causa dos capixabas e cariocas, disse Fabiano, ao lado de César Menotti. A dupla trouxe um novo repertório, mas cantou Anjo, mexendo com a multidão.

Símbolo de alegria, Kiko, líder do grupo jovem KLB veio de São Paulo com muita disposição. Ao lado de Magno Malta, eles cantaram para também novas músicas. “Agora, eu peço à multidão que acompanhe este refrão: o petróleo é de todos, mas os royalties são nossos”, brincou Kiko, também sob forte aplauso.

Gian e Giovani bateram o pé e na bagagem a dupla romântica trouxe apoio, amizade e prova de amor ao Espírito Santo. “Todas as bandeiras do Magno Malta são nossas também. “Estou mais do que empolgado, mas verdadeiramente emocionado com tanta gente debaixo de chuva, em plena segunda-feira, para reivindicar um direito de todos os capixabas. É exemplo de raça e caráter desta gente que tanto amo e respeito”, revelou Giovani. O prefeito Neucimar Fraga também cantou ao lado da dupla. Foi aplaudido.

A baiana Gilmelândia irradiou alegria o tempo todo. Atendeu os fãs, brincou com as crianças, cantou, dançou e passou uma mensagem bem simples. “Sou de outro Estado, mas adotei esta causa, peço ao Governo Federal que dê ao Espírito Santo o que lhe é de direito”, a galera delirou.

Ao lado da família, senador Magno Malta não largava o menino Guilherme, amado por todos, inclusive, Karla Malta fez o show ao lado de Guigui, brincando , ensinando a pronunciar os “royalties são nosso”. Sensibilizou a platéia. Karlinha, como é chamada pelos amigos, apresentou novo repertório e junto como o tempero do Mundo encantou os presentes.

A imprensa capixaba destacou o evento como um ato de força e determinação dos organizadores. Não foi uma manifestação  política de repúdio ao governo Federal, mas uma iniciativa pacifica, harmoniosa, com artistas voluntários, cultura de graça, alegria e fé. “Estou mais uma vez sentindo o poder de Deus em nossa vida. No domingo, o palco já montado, desabou por causa do forte vento. A chuva não parava, amigos pediam para adiar para outra data. Mas eu sabia que estava tudo sob o domínio de Deus e por isso, não aconteceu nada errado, pelo contrário, chegamos até meia noite, com a o Parque da Prainha tomada por pessoas que vieram e longe. Agora, estamos em Brasília, com uma agenda lotada para continuar defendendo o Espírito Santo contra as injustiças, Não podemos perder os royalties e nem o Fundap. O bom combate continua. E sou grato a todos que estão apoiando mais esta nossa bandeira!”, finalizou Magno Malta.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS