Pré-sal

Magno Malta: “desastre em Campos reforça os royalties para ES e RJ”

Dep. Romário vai ser convocado para ato público em Vila Velha

Vazamento de óleo em uma plataforma da multinacional Chevron na Bacia de Campos comprovou previsão do senador Magno Malta (PR/ES) sobre acidentes nos estados produtores com danos irreversíveis que não alcançam outras regiões.

Circula na internet vídeo da campanha do Senador Magno Malta, gravado nas eleições passadas, prometendo lutar pelos royalties dos estados produtores como pagamento de passivo ambiental. Veja: http://www.youtube.com/watch?v=7er7ixgcDb0 Trata-se da coerência do parlamentar que desde o mandato passado acendeu o alerta das autoridades para a compensação financeira pela exploração do petróleo.

Para o senador Malta o vazamento, sem ilusão, mostra, para aqueles que ainda não sabem, os perigos ambientais que tal atividade representa. Se esse vazamento tivesse sido maior, o óleo teria chegado às praias de Búzios. Nesse caso, a prefeitura e o governo arcariam com os prejuízos?Será que o povo do Rio Grande do Sul, de Rondônia, Acre pagaria parte desta conta? O brasileiro precisa conhecer a verdade. O lucro do petróleo é do Brasil, mas royalties é como se fossem os direitos autorais, quem produz merece um pouco mais pelos compromissos e riscos que são expostos”, explicou Malta.

Eleito pelos 62 parlamentares das bancadas federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo, coordenador do Movimento de Mobilização Popular Contra a Lei Vital do Rêgo, Magno tem organizado várias ações para sensibilizar o Governo Federal. Já bloqueou rodovias, participou de acirrados debates no plenário, montou equipe com camiseta preta pedindo a Dilma para cumprir o acordo de Lula e foi presença ativa no manifesto na Praça dos Namorados. Agora, prepara um mega evento para atrair mais de 100 mil pessoas para o parque da Prainha, em Vila Velha.

“Na Campanha um dia pela Vida, quando fizemos um manifesto contra a Cartilha Gay nas escolas, artistas nacionais, políticos e amigos prestigiaram o evento que reuniu mais de 70 mil pessoas na Prainha, em Vila Velha. Desta vez, vamos superar este número, pois a causa é mais ampla e tem apoio de todos os partidos políticos e movimentos civis organizados. É uma causa dos cariocas e capixabas, bandeira nossa. Vamos decidir os detalhes nesta quarta-feira, para confirmar a data e os nomes. Mas quero convocar toda bancada federal do Rio e capixaba, chamar amigos do mundo artístico, gente renomada que sempre apóia nossos eventos, representantes do Governo Federal e os mais expressivos ícones desta luta no Estado como o ex-governador Paulo Hartung, governador Renato Casagrande e quem já vem lidando com este assunto. “Tenho certeza, se o Lula não tivesse vivendo esta fase estaria presente.”, afirmou Magno.

Magno Malta continuou explicando, “que já contactos amigos músicos, atletas, lideranças religiosas, membros das duas bancadas e pretende fazer um ato publico para ouvir o posicionamento da presidenta. No dever de coordenar esta manifestação, mesmo com empenho de todos, estou cuidando pessoalmente de cada detalhe. Quero mostrar para o Brasil a força do novo Espírito Santo. Vamos independente de partido, ideologia, classe social e raça ou credo, unir em favor de uma causa nobre em defesa do futuro do nosso Estado. Nesta quarta-feira, aguardo a confirmação dos nomes dos convidados para divulgar a data e horário. Mas com absoluta certeza vai ser um momento histórico para o Espírito Santo.

Pessoalmente já aproveito, para pedir o apoio de todas lideranças e da população para este ato público,” encerrou senador Magno Malta.

Fonte: Assessoria de Imprensa

 

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS