Pré-sal

Magno Malta dispensa terno e usa camiseta preta no Senado contra redistribuição dos royalties

O senador Magno Malta (PR-ES) abriu guerra contra a presidente Dilma Rousseff para que ela mantenha o acordo fechado no governo Lula sobre a distribuição dos royalties. Desde a semana passada ele e alguns deputados e senadores das regiões afetadas pelas novas regras de distribuição das receitas de petróleo estão quebrando o protocolo regimental, que obriga o uso de terno e gravata no plenário. Em vez disso, eles vêm fazendo discursos com uma camiseta preta pedindo que Dilma mantenha o acordo. Nesta terça, Magno Malta voltou a usar a camiseta no plenário, completando figurino informal com calça jeans.

A camiseta usada por cima de uma camisa social traz as inscrições "Dilma, mantenha o acordo de Lula" e "Dilma, a solução está com você". Interpelado pelo senador Sérgio Souza (PMDB-PR) sobre a vestimenta, respondeu que ali no plenário só era proibida a entrada de bandidos e ladrões.

- Esse vai ser meu uniforme daqui pra frente - avisou Magno Malta.

Mais cedo, em discurso, ele puxou um Pai Nosso pela recuperação do ex-presidente Lula, que se encontra em tratamento contra câncer na laringe. E fez um longo discurso sobre o governo de Lula, inclusive ressaltando o apoio à manutenção das regras de distribuição de receitas do petróleo que beneficiam os estados produtores.

O senador capixaba reclama que as novas regras - que precisam ainda ser aprovadas na Câmara dos Deputados - representam um "estupro moral" contra os estados produtores.

Fonte: O Globo

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS