Pré-sal

Magno Malta promete paralisar o país com protestos em defesa dos royalties

A união é a força dos Estados produtores

Protegendo os estados produtores de petróleo, senador Magno Malta (PR/ES) e  parlamentares cariocas e capixabas prometem várias manifestações para sensibilizar a presidenta Dilma.

Em reunião movimentada com políticos do Rio de Janeiro e Espírito Santo, no gabinete do senador Magno Malta, em repúdio a votação no Senador Federal que traz sérios prejuízos para os dois Estados, foi traçado um cronograma, que entre vários protestos, existem a possibilidade de paralisar a ponte Rio-Niterói, a Rodovia Presidente Dutra e outras importantes estradas federais que cortam a região sudeste.

Os deputados federais e senadores dos estados produtores estão indignados e resolveram mobilizar os mais diversos segmentos da sociedade organizada. “O senador Magno Malta prometeu parar, semana que vem a Rodovia Presidente Dutra em São Paulo. Uma prévia deve ocorrer nesta sexta, nas divisas do Espírito Santo com Bahia, Rio e Minas Gerais. Este bloqueio conta até com o apoio do Sindicato dos Rodoviário. Vamos esticar a corda seguindo o exemplo do grande líder, o ex-presidente Lula”, comparou Malta.

Mais de 20 jornalistas da imprensa nacional acompanharam a reunião. A expectativa também passava por uma possível audiência com o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, que foi esvaziada por causa de uma viagem ao exterior. “Assim que Mantega voltar ele vai receber nosso grupo para explicar os números confusos e duvidosos apresentados pelo senador Vital do Rêgo (PMDB/PB)”, prometeu Malta.

O clima tenso nas duas bancadas deve amenizar no feriado, mas Os parlamentares do Rio e Espírito Santo vão lutar para retirar o caráter de prioridade do projeto do senador Vital do Rêgo na pauta, concedido a todo texto que vem do Senado. Com isso, ganharão o prazo de 40 sessões de plenário para trabalhar na comissão especial. "Assim, fazemos barulho no Planalto e conquistaremos novos adeptos em todo o país. Este recurso é para unir o Brasil e não dividir os estados. Queremos que Dilma mantenha o acordo de Lula”, lembrou Malta.

Mais uma vez, Malta enfatizou que o petróleo é de todos, mas o os royalties são nossos, que corremos sérios riscos de desastres ambientais e danos sociais. “Assim, o debate que pode ir para o Supremo Tribunal Federal já ganhou adesão popular e estaremos nas ruas, rodovias, pontes e ares de aglomeração explicando para o povo que o Espírito Santo e o Rio de Janeiro estão sendo enganados.

Os parlamentares estão usando uma camisa preta com a mensagem: Dilma, cumpra o acordo de Lula. As deputadas Federais Lauriete e Sueli Vidigal e o deputado Jorge Silva fazem parte do grupo e vão participar de protestos esta semana no Espírito Santo.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS