Notícias

Senador Magno Malta investiga em Itapetininga caso da criança espancada pelos pais até a morte

Presidente da CPI dos Maus-Tratos em Crianças e Adolescentes, senador Magno Malta, hoje, quarta-feira, tem reunião com as autoridades de Itapetininga, interior de São Paulo, para conhecer os fatos que envolvem o brutal assassinato da menina Emanuelly Agatha da Silva Alves, de 5 anos. Magno, às 10 horas, estará com o delegado que prendeu o casal Débora Rolim da Silva, de 24 anos, e Phelippe Alves, de 25 anos, acusados de matar a filha, com requintes de crueldade. “A criança já vinha sofrendo maus-tratos há tempo. A CPI quer apurar os detalhes para evitar este tipo de crime contra crianças no próprio lar”, disse Magno Malta.

Senador Magno Malta estará na Delegacia da Mulher e vai ouvir a equipe que prendeu o casal e iniciou as investigações. O crime ocorreu na casa onde criança de 5 anos morava. Segundo a babá, um boletim de ocorrência contra o casal foi registrado no ano passado. Pais estão presos.

Na Agenda do senador Magno Malta no interior de São Paulo nesta quarta-feira, consta também reunião com o juiz da família e o Conselho Tutelar. “Já temos leis preventivas, mas não são suficientes para prevenir a violência doméstica contra crianças. Este caso já tinha chegado ao conhecimento das autoridades, mas a fatalidade não foi evitada. Vamos buscar novas medidas para defender as crianças de pais violentos”, finalizou Magno Malta.

Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS