Notícias

CPI dos Maus-Tratos lança hoje cartilhas preventivas contra suicídio, automutilação e bullying

Depois de seis meses de trabalho árduo com reuniões, audiências públicas com autoridades, ministros, juízes, promotores, especialistas de diversas áreas e oitivas ouvindo vítimas, empresários e responsáveis pela logística que envolve crianças e jovens, o presidente da CPI dos Maus-Tratos, senador Magno Malta, entregou ontem, ao presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, três cartilhas inéditas. “Quem não conhece o trabalho realizado pela CPI, que refletiu em todos os setores organizados da comunidade, não sabe da importância que tem, principalmente para, agora, elaborar uma nova legislação em defesa da criança e ds adolescente”, revelou Magno Malta.

Senador Magno Malta, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI – dos Maus-Tratos em Crianças e Adolescentes, lança hoje, quarta-feira, às 15 horas, no plenário 6, do Senado Federal, as cartilhas “Vamos Conversar sobre prevenção do suicídio? “, “Vamos conversar sobre prevenção da automutilação?” e “Vamos Conversar sobre bullying e Cyberbullying?” O farto material didático que será distribuído nacionalmente já é fruto de aprofundados debates com autoridades e especialistas de diversas áreas”, explicou Magno Malta.

Para cada cartilha, uma introdução explicando com clareza a importância do material. “Um desafio para a saúde pública, os óbitos por suicídio encontram-se em ascensão. No Brasil, ganham especial atenção os adolescentes. A tendência é que se estabeleça como a terceira causa de morte nesta faixa etária. Como o tema deve estar presente no cotidiano, a cartilha vem para contribuir e trazer instrução para às famílias, professores e agentes de promoção de cuidados”, revelou Magno Malta.

Magno Malta também informou que a Automutilação Não Suicida - ASIS - é um fenômeno descrito de longa data, porém tem se constituído como um grande sintoma da sociedade atual, ganhando adeptos principalmente na população jovem, especialmente pela propagação no ambiente virtual e maior exposição nos veículos de mídia, tendo seu ápice com as notícias sobre o jogo da Baleia Azul”, lembrou Malta.

Quanto aos temas mais atualizados e modernos, Magno Malta deixou claro que esta cartilha foi produzida para ajudar pais, responsáveis e professores no combate ao bullying e ao cyberbullying. Esperamos, com este gesto, cumprindo com as obrigações que cabem ao poder legislativo, contribuir para que crianças, adolescentes, jovens e adultos de todo o Brasil, possam encontrar no conteúdo o que é coerente quando tratamos sobre esta pauta. Assim, saberão discernir como pensar, sentir e agir diante de violências que ocorrem na maioria dos casos”, finalizou Magno Malta.

As três cartilhas é o primeiro passo da CPI dos Maus-Tratos após longas, reuniões, audiências públicas e oitivas com autoridades, especialistas, vítimas e abusadores. Após o lançamento deste material, nesta quarta-feira, o segundo passo, é criar para o país um conjunto de legislação moderno, amplo e atualizado que possa defender definitivamente a crianças e os adolescentes de todos os tipos de abusos, que ainda não estão no mérito da nossa legislação.

Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS