Notícias

Magno Malta começa hoje em São Paulo as oitivas da CPI dos Maus-Tratos sobre o MAM

CPI dos Maus Tratos em Crianças e Adolescentes, hoje, no auditório Tilene de Almeida de Morais, no Ministério Público Estadual, em São Paulo, realiza audiência pública para ouvir convidados do Poder Judiciário, do Ministério Público e autoridades que trabalham diretamente ao apoio da infância e da juventude. Amanhã, será realizada, no mesmo local, oitiva para interrogar convocados, entre eles, o artista Wagner Schwartz, que ficou nu ao lado de crianças no Museu de Arte Modena de São Paulo. A informação é do presidente da CPI, senador Magno Malta, que já está em São Paulo.

Segundo informou Magno Malta, que já esteve em São `Paulo tratando da pauta, o objetivo é ouvir nos dois dias dezoito pessoas. Algumas foram convidadas, o caso da juíza Maria Paula Dessaune, da Vara Criminal, juíza Maria Domilia Prado, que atende idosos e pessoa com deficiência, promotora de Justiça, Margareth ferraz, juiz assessor da Corregedoria Geral de Justiça de São Paulo, Gabriel Pires Sormani, promotora de Justiça Valéria Diez, Procurador de Justiça, Mário Sérgio Sobrinho e outros profissionais que atuam diretamente na coordenação de apoio operacional da infância e Juventude. Estas autoridades foram convidadas para auxiliarem com informações e procedimentos adotados.

A CPI dos Maus-Tratos fará oitiva para esclarecer a polêmica Exposição do Museu de Arte Moderna de São Paulo, com cenas de crianças tocando em homem nu, em clara apologia à pedofilia. Foram convocados a depor, o curador do MAM, Felipe Chaimovich, Luiz Camillo Osorio, curador do 35º Panorama da Arte Brasileira – Brasil por Multiplicação e Wagner Schwartz, artista que ficou nu perante várias crianças, sendo tocadas por algumas.

Nesta mesma oitiva também será tratada a questão indígena envolvendo crianças, Cristiano Vieira Gonçalves, coordenador da Funai fará alguns esclarecimentos sobre denúncias que chagaram a CPI. “São várias atrocidades em nome de uma cultura que precisam ser esclarecidas. “A CPI é ampla quando o assunto é crianças e adolescentes. Nosso objetivo é apresentar para o Brasil um moderno e forte conjuntos de leis”, esclareceu senador Magno Malta.

Assessores das CPI também estão em São Paulo e fizeram os primeiros levantamentos. “Estamos preocupados com as recentes exposições de artes envolvendo pornografia com participação de crianças. “É uma oportunidade para os envolvidos esclarecerem os fatos considerados polêmicos e escandaloso”, finalizou Magno Malta.

Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS