Notícias

Vice-Presidente do Santander Cultural vai ser ouvido amanhã na CPI dos Maus-Tratos

Nesta quinta-feira, amanhã, às 10 horas, no plenário 2, Ala senador Nilo Coelho, o presidente da CPI dos Maus-Tratos em Crianças e Adolescentes, senador Magno Malta, vai ouvir o vice-presidente do Banco Santander, Marcos Madureira, para esclarecer o verdadeiro motivo da Exposição Queermuseu. Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, patrocinada pelo Banco Santander, que foi cancelada após protestos de grupos civis e religiosos.

O curador da Mostra Queermuseu, Glaudêncio Fidelix, que foi convidado, mas alegou outros compromissos, antão, agora, foi convocado, inclusive se necessário de forma coercitiva para responder pelo nítido propósito de erotizar o público alvo e induzi-lo a tolerar condutas como orgias, zoofilia e vilipêndio a símbolos religiosos. “A agenda agora é nossa, ele tem que comparecer e responder nossas perguntas, mesmo que seja preciso que a Polícia Federal tenha que buscá-lo”, prometeu Magno Malta.

O Ministério Público do Rio Grande do Sul investigou a mostra “Queermuseu e os procuradores de Justiça Criminal responsáveis afirmaram que a proposta da exposição era “erotizar o público alvo”. Alexandre Lipp e Sílvio Munhoz, procuradores de Justiça Criminal, divulgaram uma nota afirmando que o objetivo da mostra é criminoso. Mais de vinte representações foram feitas junto ao Ministério Público para que delitos como vilipêndio a objeto de culto religioso (crime definido no art. 208 do Código Penal) e “apologia de crimes” fossem investigados.

Para audiência de amanhã, a CPI convocou o Vice-Presidente do Santander Cultural, Marcos Madureira e convidou os Procuradores de Justiça, Alexandre Lipp e Sílvio Munhoz e o promotor Júlio Almeida.

Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS