Notícias

Delegado capixaba vai integrar CPI dos Maus-Tratos Contra Crianças e Adolescentes do Senado Federal

O presidente da CPI dos Maus-Tratos, senador Magno Malta requereu a assessoria permanente do delegado Especializado Em Proteção à Criança e Adolescente, Lorenzo Pazolini, para integrar o corpo técnico da Comissão Parlamentar de Inquérito que vai apurar todos os tipos crimes contra crianças e adolescentes. Lorenzo vai trabalhar juntamente como delegado da Polícia Federal de Brasília, Flávio Setti, que já prendeu dezenas de pedófilos internacionais. “Com estas autoridades iremos formatar uma legislação preventiva com urgência em favor das crianças”, prometeu Magno

Convidado para participar da 2º audiência da CPI dos Maus-tratos, nesta quinta-feira, no Senado Federal, Lorenzo já chegou propondo a criança de uma sala especial para ouvir as vítimas inocentes. “Em diversas delegacias, as crianças ficam assustadas até mesmo com o cheiro do Instituto Médico Legal.  Já existem algumas delegacias que tem a sala Lilás, com tons suaves e ambiente mais próprio para estas ações que não aumentam o sofrimento das crianças”, explicou o delegado.

Em Brasília, Lourenço Pazolini foi informado que participará do quadro efetivo da CPI e o primeiro passo será fazer projeto de lei criando as salas especiais para depoimentos de crianças. “O senador Magno Malta tem vasta experiência e tem coragem para enfrentar estes criminosos astutos. Comungo do mesmo objetivo que é criar uma forte legislação preventiva. A internet ainda, mesmo com alguns avanços, é terra sem lei. Estou à disposição da CPI e agradeço o reconhecimento”, finalizou o delegado capixaba.

Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS