Notícias

Magno Malta fala no Pânico que o Brasil é um grande tumor e estamos expelindo o carnegão

Magno Malta fala no Pânico que o Brasil é um grande tumor e estamos expelindo o carnegão Em extensa entrevista para a turma do Programa Pânico, na Jovem Pan, em São Paulo, senador Magno Malta respondeu diversas perguntas sobre o momento político do país e fez uma breve analogia. “Nossa nação é um furúnculo, extremamente infeccionado, fedorento, dolorido, mas que estamos expelindo o carnegão. As cenas no TSE revelam que passou da hora de uma mudança no sistema político. O presidente Michel Temer deveria ser franco e falar a verdade dos fatos, até mesmo reconhecer que andou no avião do delator e que mantinha laços estreitos com os donos da JBS. Assim, o único remédio para matar o carnegão é o voto”, disparou Magno Malta, indagado por toda equipe.

Emilio Surita liderando a equipe de profissionais talentosos da Comunicação e do humor brasileiro, como Carioca, Marina Mantega, Marcelo Senna, Evandro Santo, Victor Lá Regina e Amanda Ramalho tratou de várias pautas com Magno Malta. A equipe abriu a entrevista com o factual julgamento do Tribunal Superior Eleitoral. “ Seja qual for o resultado, as evidências são claras de que o marqueteiro de Dilma e Lula foi um tremendo mágico, um Mister X, que enganou o povo brasileiro com dinheiro roubado da Petrobrás. O bom de tudo isso é que vamos tirar o lixo debaixo do tapete e mudar profundamente o fracassado sistema eleitoral brasileiro, que favorece tanta corrupção”, disse Magno.

Os jornalistas da Jovem Pan perguntaram também sobre a delação da JBS e qual a participação do presidente da República. Para Magno, quem não deve, não teme, e o presidente Temer poderia falar toda verdade da amizade com o agroboy delator, que hoje, nos EUA, vive rindo da cara do povo brasileiro. “Estavamos acreditando em um fio de esperança, já tinha parado de piorar, mas a desagradável surpresa, o PMDB e o PSDB também na lama. A nossa sorte está entregue a constituição. Os magistrados estão fazendo seu papel e o parlamento não pode parar as reformas. Ainda acredito que vamos melhorar, não tem outro jeito, porém, tudo com o poder do voto”, finalizou Magno Malta, em uma entrevista com alto índice de audiência em todo o Brasil.

Assessoria de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS