Notícias

Magno Malta critica declarações do ministro da Justiça

O senador Magno Malta (PR-ES) criticou o novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão, por haver dito que vai trocar a equipe inteira da Polícia Federal caso sinta “cheiro” de vazamento de informações por parte de agentes da instituição.

O senador qualificou de intimidação e ameaça a fala do ministro e afirmou que o povo não vai permitir que isso aconteça até porque, segundo Magno Malta, já são dois anos de bons serviços prestados ao país com a Operação Lava-Jato.

— Senhor ministro, se Vossa Excelência cometer o erro de efetivar isso, Vossa Excelência realmente estará dizendo que foi para o ministério para poder cumprir uma missão desse governo que quer colocar na conta da Polícia Federal e do juiz Sérgio Moro uma conta que não lhes pertence. Muito pelo contrário. O Ministério Público, Polícia Federal e o juiz Sérgio Moro prestam um dos serviços mais significativos e importantes para a nação brasileira.

Magno Malta também repudiou a afirmação de que as manifestações do dia 13 de março foram promovidas pela elite. Ele lamentou que agora o aposentado, a empregada doméstica, o desempregado e o cobrador de ônibus, por exemplo, agora sejam chamados de elite porque participaram dos protestos contra o governo.

Agência Senado

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS