Notícias

Melhor Filme de 2015 revela o triste quadro da pedofilia para o mundo e cita cidades brasileiras

Spotlight, que conta a história dos jornalistas do Boston Globe que denunciaram uma complexa rede de pedofilia na arquidiocese da capital do Estado americano de Massachusetts e eleito pelos críticos o melhor filme de 2015, estreou na semana passada, denunciando para o mundo uma triste ferida no coração do Brasil: Rio de Janeiro, Franca, em São Paulo, Mariana, Minas Gerais e Arapiraca em Alagoas. “Estas quatro cidades são citadas em virtudes de casos emblemáticos, que foram investigados pela CPI da Pedofilia e terminaram com o rigor da justiça , mas os abusos contra as crianças brasileiras são grotescos, com até turismo sexual no nordeste e na Amazônia”, disse senador Magno Malta, procurado ontem pela  imprensa nacional.

A Sociedade Nacional de Críticos de Filme dos Estados Unidos (NSFC, sigla em inglês) elegeu Spotlight - Segredos Revelados como o melhor longa de 2015, para reviver o cinema denúncia e trazer para o debate um velho drama que muitas vezes está escondido nos lugares mais importantes da comunidade. “ Spotlight lembra com exatidão a investigação que fizemos em Arapiraca, no interior de Alagoas. Meninos entravam para o seminário, eram abusados, cresciam e viravam abusadores, Era um ciclo grotesco. Realizei como presidente da CPI da Pedofilia uma audiência pública no Tribunal de Justiça da pequena cidade e dei voz de prisão para dois monsenhores, autoridades importantes da igreja católica. Foi uma comoção. Um padre, pediu delação premiada e revelou toda a história de abuso contra crianças que já vinha acontecendo há anos”, recordou Magno Malta.

Os repórteres americanos descobriram mais de 250 pedófilos na cidade. Os crimes eram acobertados por membros importantes na hierarquia da Igreja Católica. Na cidade de Boston, a equipe do Jornal da Record conversou com um dos jornalistas que revelaram o caso e com uma das vítimas dos abusos sexuais. “Foram citadas apenas quatro cidades brasileiras, mas ainda recebemos diariamente denúncias de abusos nas regiões carentes do norte e nordeste do país, muitas vezes o crime acontece com conhecimento da família. Nos grandes centros, os pedófilos agem sutilmente, principalmente através da internet”, alertou Magno.

Assessoria de Comunicação

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS