CPI da Pedofilia

“País deve seguir o exemplo de Teresópolis”

Senador Magno Malta enaltece comprometimento a luta contra a pedofilia

Anderson Duarte


 
Em discurso no Senado, Magno Malta, elogiou participação de teresopolitanos no primeiro seminário contra  pedofilia
 
 

O senador Magno Malta (PR- ES) elogiou mais uma vez, agora em Plenário nesta quinta-feira (23), a participação em assa da sociedade teresopolitana no seminário do movimento "Todos contra a pedofilia". Ele também criticou veemente uma nova cartilha publicada pelo Ministério da Saúde destinada a evitar doenças e problemas de saúde entre os usuários de drogas.

Em discurso bastante emocionado, o presidente da CPI da Pedofilia fez questão de enaltecer tanto a participação do povo teresopolitano, quanto o comprometimento dos poderes públicos e também dos empresários da cidade. Malta citou a comoção do prefeito Jorge Mario e também do presidente da Câmara de Vereadores, Habib Tauk.

Confira o trecho em que o Senador fala de sua experiência em Teresópolis: "Vou encerrar, falando que estive em eresópolis, lá, no Estado do Senador Francisco Dornelles. Estive lá, falando num seminário para 1.500 pessoas. Em eresópolis. Vejam uma cidade do tamanho de Teresópolis acorda para isso. Fui falar nesse seminário. E aí eu quero parabenizar o Ayra, que organizou todo o seminário, a minha amiga Rayssa, o meu amigo Ravel, essa  dupla  tremenda,bacana,e os empresários da cidade, as ONGs, o Conselho Tutelar. Como eles viram na chegada desse seminário uma esperança! E no dia estava todo mundo lá: a Promotora da Inf'ância, o representante da Junta da Infância, militares e uma Tenente, uma mulher, que comanda tudo. Quero parabenizá-la pela coragem que teve, no que conversou comigo. Eles todos estavam lá, 1500 pessoas - cidade fria -, e eu vi aquele auditório, Senador, chorando compulsivamente.

 
 Em discurso bastante emocionado, o presidente da CPI da Pedofilia fez questão de enaltecer tanto a participação do povo teresopolitano, quanto o comprometimento dos poderes públicos e também dos empresários da cidade. Malta citou a comoção do prefeito Jorge Mario e também do presidente da Câmara de Vereadores, Habib Tauk

Pessoas chorando compulsivamente. O Prefeito do meu lado e do lado do Presidente da Câmara, que chorava compulsivamente. O Presidente da Câmara - acho que é Habib o nome dele - dizia para mim: "A minha vida nunca mais será a mesma depois do que eu acabei de ouvir". O Prefeito toma o microfone e conclama a um pacto pelas crianças do Município. E olha que recebi muita coisa de criança abusada lá, e de abuso feio, de coisa que acobertada e que precisa ser esacobertada, de criança daquela cidade. Eu vi o Prefeito pedir desculpas ao Presidente do Conselho Tutelar. Pediu desculpas: "Eu, publicamente, lhe peço desculpas". Certamente por aquilo que não fez com o Conselho Tutelar, que merece ser forte, bem tratado. Sabe, com um pouco de criatividade e atenção aos abnegados, aos sacerdotes da vida humana, aqueles que fazem, de fato, aqueles que operam, de fato, Sr. Presidente, acho que o exemplo de Teresópolis precisa ser seguido pelo Brasil. O exemplo de Teresópolis,no Rio de Janeiro, o exemplo que os empresários deram, que as ONGs deram, algumas pessoas desconfiadas. Essa é uma luta de todos nós. Essa é a missão para todos nós cumprirmos. Os filhos de todos são filhos nossos e os netos de todos são netos nossos. Nós não podemos abrir mão disso. Fico triste porque é um assunto tão vasto, tão rico e tão necessário para se tratar. Mas nós não vamos parar por aqui, a nossa luta vai continuar. Agradeço ao Brasil essa atenção que tem dado, o suporte que tem dado a essa CPI. Certamente, é em nome dela e em nome das crianças do Brasil que falo", finaliza Magno.

 O discurso do Senador também foi de agradecimento aos que contribuíram para o sucesso internacional da CPI presidida por ele. Malta fez questão de enaltecer: "Subo mais uma vez nesta tribuna para falar sobre pedofilia e abuso... Há um ano, um pouco mais, instalamos a CPI da Pedofilia. Muito descrente, de forma tímida, começamos a caminhar. Ao mapear o Brasil, ao viajar pelo Brasil, formamos um corpo muito competente de Promotores, de peritos, na Polícia Federal, no Ministério Público Federal e Estadual, nas ONGs. Com o debate, começamos a fazer oitivas pelo Brasil. Um corpo de técnicos do Senado, preparados, funcionários, assessores preparados, tem dado um suporte dos mais brilhantes a essa CPI... Informo ao Brasil que, com a quebra do sigilo do Orkut, após a votação da lei que criminalizou a posse do material pornográfico, nós temos condições plenas de começar as operações... "

Sobre a cartilha do Ministério da Saúde na avaliação do Parlamentar, a iniciativa do governo poderá, mais do que contribuir para a redução da disseminação de doenças entre usuários de drogas, levar a um aumento do consumo, sobretudo entre crianças e adolescentes que nunca tiveram contato com drogas.

 Exibindo da tribuna a cartilha e apontando as ilustrações, Magno Malta disse que, para tratar da hepatite e de outras doenças, a cartilha mostra um casal tendo relação sexual, além de apresentar um rapaz fumando crack e uma seringa.

"Olha que imagem para um garoto que recebe isso na escola! Esse aqui acendendo a pedra, ensinando como cortar.Eles chamam isso de redução de danos?", perguntou o senador.

Magno Malta comentou ainda matéria divulgada pelo jornal Correio Braziliense sobre o desbaratamento de rede mundial especializada na troca de material pornográfico infantil pela Internet. De acordo com a reportagem, o Brasil seria o país com maior número de internautas envolvidos.

O senador informou também que deverá solicitar à associação de provedores de cartões de crédito a assinatura de um termo de cooperação visando buscar mecanismos para evitar que material com conteúdo relacionado à pedofilia seja comprado pela Internet.

Em aparte, o senador Cristovam Buarque (PDT -DF) parabenizou Magno Malta pelo pronunciamento.

Fonte: O Diário de Teresópolis

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS