CPI da Pedofilia

Senador é ameaçado de morte por paraibano

O senador Magno Malta (PR-ES), presidente da CPI da Pedofilia no Senado está sendo ameaçado por um homem identificado por Paulo Afonso de Farias que mora em Campina Grande.

As ameaças tiveram início desde março deste ano e segundo investigações do delegado da Polícia Federal, Francisco Leônidas, o inquérito policial sobre o caso foi instaurado e deve ser concluído até o fim desta semana.

As ameaças foram gravadas por telefone e como o acusado ligou para o serviço 0800 do Senado Federal, foi possível o rastreamento do número até a investigação chegar ao nome de Paulo Afonso de Farias.

A assessoria do senador Magno Malta gravou as ameaças sofridas por ele. O acusado diz nas gravações que irá matar o senador, caso ele continue a frente das investigações sobre pedofilia. “Atiro na cabeça dele. Avise a ele que não estou brincando e que vou matá-lo, caso ele continue insistindo em investigar casos de pedofilia”, disse a voz ao telefone.

Portal Correio

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS