CPI da Pedofilia

Magno Malta diz que CPI da Pedofilia foi a debate em congresso internacional

 O senador Magno Malta (PR-ES) comunicou ao Plenário que o 3º Fórum de Governança da Internet (IGF), realizado em dezembro, na cidade indiana de Hyderabad, discutiu longamente o embate entre a CPI da Pedofilia, em desenvolvimento no Senado brasileiro, e o Google, que culminou em um acordo para que a empresa de pesquisa na Internet ajude as autoridades brasileiras no combate à pedofiliaEntenda o assunto . Magno Malta, presidente da CPI, participou do fórum na Índia, ao lado do então senador Virgínio de Carvalho (PSC-SE) e de representantes do Executivo brasileiro.

Magno Malta informou ainda que relatório sobre o encontro, preparado pelo Itamaraty, informa que o caso da CPI da Pedofilia foi apresentado e discutido em várias oportunidades, por se tratar de uma solução doméstica que apresentou resultados. Conforme o Itamaraty, franceses, indianos e noruegueses manifestaram interesse em conhecer em profundidade o caso brasileiro.

Conforme o senador, só 29 países do mundo adotaram até agora legislação como a brasileira, de criminalizar a posse de arquivos (fotos, memória de computador, filmes) que contêm material relacionado à pedofilia. Durante o encontro, Magno Malta defendeu a adoção, por todos os países, da exigência de ficha criminal na concessão de visto de entrada, conforme sugestão que apresentou. Caso conste da ficha que a pessoa responde a acusação de pedofilia, ela não receberia o visto.

Fonte: Agência Senado

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS