CPI da Pedofilia

Prática de pedofilia inquieta a sociedade

Nos últimos dias, a pedofilia, abuso sexual praticado contra crianças ou adolescentes, tem sido um dos temas bastante discutido na mídia em razão do aumento do número de casos deste tipo, ocorridos na capital e no interior do Estado. Esta prática está preocupando pais e autoridades públicas e chamando a atenção da sociedade civil. Na cidade de Aracaju, por exemplo, somente no primeiro mês deste ano, já foram registrados cinco ocorrências de pedofilia no Centro de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (CAGV), o que equivale a mais de um caso por semana. Os índices vêm crescendo anualmente. Em todo o ano de 2008, mais de 50 denúncias foram apresentadas ao CAVG para investigação policial a este respeito.

Atualmente a pedofilia é definida simultaneamente como doença, distúrbio psicológico e desvio sexual pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A delegada Georlize Teles fez uma classificação dos tipos de práticas pedófilas existentes na sociedade. De acordo com ela, a pedofilia é "aquela relação mantida por um adulto com uma pessoa que apresenta características imaturas ou infantis. Nós temos casos da pedofilia clássica que se dá por conta de um transtorno sexual. Neste exemplo, podemos encaixar o caso do taxista, que é um homem que se sente atraído por quem tem os traços impúberes".

Além desta classificação, Georlize afirmou que a CPI da pedofilia, juntamente com o senador Magno Malta, categoriza a pedofilia como todas as questões de abuso sexual e de exploração sexual contra crianças ou adolescentes em duas vertentes. Na primeira, aquele ato praticado por meio da violência, da força física ou da coerção que se exerce sobre a vítima. Já na segunda é a exploração sexual, o indivíduo se vale da 'barganha', da troca pelo uso do corpo dos menores.

Fonte: Correio de Sergipe

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS