CPI da Pedofilia

Magno Malta preocupado com aumento de denúncias de pedofilia em Brasília

Magno Malta lidera campanha nacional contra a pedofilia
Magno Malta lidera campanha nacional contra a pedofilia

Segundo informou o senador Magno Malta (PR/ES) em 2011 foram 92 casos, contra 189 este ano; as prisões aumentaram de três para 32

Levantamento da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) mostra que o registro de ocorrências de abuso sexual de menores aumentou entre janeiro e abril deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em 2011 foram 92 casos e este ano 189. As prisões também aumentaram de três para 32 em seis meses. “Depois da CPI da Pedofilia a sociedade mudou a cultura e começou a denunciar para acabar com a impunidade dos abusadores de crianças”, explicou Magno Malta, preocupado com a situação em todo o Brasil.

Para o senador Malta, “as campanhas educativas já estão surtindo efeito e este crime que sempre existiu não pode mais ficar escondido. Apesar de as denúncias estarem cada vez mais comuns entre a população de baixa renda, as estatísticas mostram que o crime acontece em todas as classes sociais. De cada dez crianças que sofrem esse tipo de abuso, oito são meninas e duas meninos”.

As vítimas, na maioria das vezes, têm entre seis e 15 anos. No ranking dos abusadores, em primeiro lugar aparece o padrasto, seguido por vizinhos e o pai da vítima. Segundo Magno Malta, “entre 10 abusadores, seis são os próprios pais”.

Falar sobre sexo ainda é um tabu entre as famílias, principalmente se a conversa é com as crianças. Isso é um erro, segundo a polícia. A falta de diálogo dentro de casa é uma das principais dificuldades não só para identificar, mas também para prevenir esse tipo de crime.

A pena para quem abusa de crianças e adolescente pode chegar a 15 anos de cadeia, sem fiança. Toda população tem o dever de denunciar. Os telefones são o Disque 100 ou o 197 da Polícia Civil.

Fonte: Assessoria  de Imprensa

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS