A luta continua

Ligado .

“A Deus dedico-me toda honra”. Assim, com voz serena, senador Magno Malta, no Grande Expediente, fez, nesta quarta-feira, de improviso, um balanço da sua história na vida pública. Uma despedida, entre aspas, pois a luta continua. Não tem palavras que substituam a oratória do senador. Veja na íntegra a tão esperada manifestação do senador Magno Malta e seu legado com tantos embates e sempre o bom combate. Um político de mãos limpas, que conquistou muitas vitórias. “Conhecerei a verdades e a verdades vos libertaras”, citou Magno as palavras de Jesus ditas pelo presidente eleito para quem eu desejo sabedoria para governar o Brasil.

Em último discurso no Senado, Magno Malta diz que continua amigo de Bolsonaro

Ligado .

Em seu discurso de despedida no Congresso Nacional, o senador Magno Malta (PR-ES) disse nesta quarta-feira, 12, que não se arrepende de ter "cruzado o País" em nome de Jair Bolsonaro (PSL) e que "faria tudo de novo" pelo presidente eleito. Desde que Bolsonaro definiu os nomes de seu corpo ministerial, Magno Malta estaria demonstrando frustração e descontentamento com o antigo aliado, o que ele nega.

"E começamos a ver, há dois anos, o Brasil se movimentando em torno de si, uma nação que virou - nunca tinha visto. O Brasil se tornou militante de si mesmo, o Brasil virou militância. O pai de família militou por ele, militou pelos filhos, uma militância contra uma militância. Era a militância da família, da vida, do bem, dos valores, contra a militância da erotização de crianças, do desrespeito à criança, do desrespeito à escola, escola com partido, ideologia de gênero", afirmou. "As pessoas passaram a chorar nas ruas, emocionaram-se com o Hino Nacional. Milhares, milhares, milhares e milhares foram às ruas, o País verde e amarelo se tornou militante de si mesmo. Digo ao senhor, Sr. Presidente, que eu faria tudo de novo - faria tudo de novo"

Senado aprova cadastro único de licitações

Ligado .

A Comissão de Assuntos Econômicos aprovou, em decisão terminativa, o Projeto (PLS 35/2016), que cria o Sistema Unificado de Licitações a fim de permitir o efetivo exercício do controle social das despesas públicas, garantindo mais transparência e auxiliando no combate à corrupção. A proposta foi relatada pela Senadora Simone Tebet (MDB-MS) nesta terça-feira (11).

O texto prevê que os órgãos e entidades da administração direta e indireta em todas as esferas de Governo deverão cadastrar as informações em um banco de dados único. Os dados poderão ser consultados por qualquer pessoa via internet. A proposta, de autoria do Senador Magno Malta, confere mais transparência, facilita a publicidade do processo de licitação e visa promover economicidade na contratação de bens e serviços pelas entidades e órgãos públicos. A matéria seguirá para a Câmara dos Deputados.

Prosperidade espiritual e material para Júlia

Ligado .

Hoje é um dia especial para uma jovem também especial. Minha homenagem, meu carinho e o desejo de prosperidade espiritual e material para Júlia. Feliz aniversário, nossa querida. O vídeo revela o seu encanto e a natureza maravilhosa do seu coração.

Higner Mansur: em defesa de Magno Malta

Ligado .

Não se desmoraliza a carreira construída por um homem pobre que, nascido no fundo do grotão baiano, sobreviveu à pobreza e à morte que se morre um pouco por dia (fome)

Coloquei o senador na balança. Num prato, seus defeitos; noutro, suas qualidades. A balança pendeu para o lado das qualidades. Pendeu decisiva - Arquivo/EBC
Como é bom ver político sem falhas, perfeito, sobre quem não pairem dúvidas. Sobre quem os olhos dos cidadãos se voltam em expressão beatífica, honrados com a representação sem deslize. Um santo. Não, felizmente não existe político assim, exatamente porque não existe cidadão assim. Pela razão simples de que os políticos que nos representam são a face pública do que somos, em média, na vida privada. Se cometem deslizes, não são esses deslizes maiores ou menores do que nós cometemos ou podemos cometer na vida privada. Provoco o leitor para examinar-se longe dos holofotes, na ausência de olhares e ouvidos. Ele e Deus; ou sozinho, se assim prefere o ateu. Esse exame, o Senador Magno Malta, em quem votei para me representar, faz agora, em via crucis...

Parabéns Ministra Damares

Ligado .

Damares Alves é capacitada e foi uma escolha pessoal do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Magno Malta gravou vídeo para parabenizar a Ministra indicada e ao mesmo tempo esclarecer os fatos. " Desejo sucesso para Dr° Damares Alves".

Magno Malta aprova relatório final com 33 proposições em defesa das crianças e adolescentes

Ligado .

 

Depois de várias audiências públicas, percorrer diversos Estados e revelar os dramas das crianças e jovens brasileiras, a CPI dos Maus-Tratos em Crianças e Adolescentes do Senado Federal aprovou o relatório final apresentado pelo relator, senador José Medeiros. Senador Magno Malta, que presidiu a CPI, também pontuou as 33 preposições que vão alterar o Código Penal Brasileiro e o Estatuto da Criança do Adolescentes. “Deixamos para o Brasil uma visão humanizada de como respeitar as famílias, as crianças e o relacionamento da sociedade com tudo que envolve os jovens brasileiros. Deixo esta Casa de Leis, mas continuo na luta pelas minhas bandeiras e valores”, disse Magno Malta.

Bolsonaro diz ter uma dívida de gratidão com Magno Malta

Ligado .

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse, nesta quarta-feira, 5, que tem uma dívida de gratidão com Magno Malta, derrotado na corrida pela reeleição no Senado no Espírito Santo, e convidado por Bolsonaro para ser o candidato a vice-presidente em sua chapa. Questionado por jornalistas se Malta ocuparia um ministério, Bolsonaro disse que o senador pode participar do governo de outra forma.

Brasília-DF // Esplanada dos Ministérios - Senado Federal - Ala Tancredo Neves, Gabinete 57
Telefone: +55 61 3303-4161/1656
E-mail: magnomalta@senador.gov.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADE
CONECTE-SE A NÓS